jun
28
2011

Pontadinha no coração

É impossível pensar que nossa aventura pelas terras parintinenses chegou ao fim sem sentir um aperto no coração. O acanhado aeroporto da cidade, que 13 dias antes nos recebeu, na segunda-feira embarcou duas pessoas diferentes.

Em tão pouco tempo, experimentamos a sensação de pertencer à cidade, de tratarmos pelo nome e com afeto e empatia pessoas que até então eram completos desconhecidos.

Ficamos impressionados com a disputa entre o azul e o vermelho pelas superfícies da cidade. Conhecemos de perto gente que faz do amor pela brincadeira o grande motivo de decoração da própria casa .

Fizemos sacrifícios em nome da cobertura do boi escolhido quase ao acaso ainda em São Paulo, mas que virou alvo de rivalidade entre nós enquanto inconscientemente íamos nos envolvendo com o clima da cidade.

Batemos papo com artistas que sopram vida ao boi de pano e até arriscamos passos dentro de um deles.

Exploramos comunidades afastadas e o próprio leito do rio Amazonas e jogamos conversa fora com comerciantes de produtos desses lugares.

Hoje, depois de desembarcarmos no aeroporto de Viracopos, em Campinas, e sentirmos o ar gelado, foi impossível não fazer uma comparação com o escaldante calor amazônico, que todos os dias é refrescado com uma chuva forte e muito bem vinda.

O que dizer então da vista de nossos apartamentos, tão diferente do campanário da catedral de Nossa Senhora do Carmo, e do pôr-do-sol, que por lá parece dissolver o horizonte com todas as variações de cores possíveis? Ou da comida da região, célebre por seus peixes e a sempre presente farinha de mandioca?

No caminho para São Paulo, com o eco das toadas tocando no rádio de nossa van, fomos lembrando os detalhes da festa que vimos há apenas dois dias, com apresentações arrebatadoras de Caprichoso e Garantido.

Além de trazer na bagagem algumas peças de artesanato e um bocado de banana frita para a nossos colegas da redação, o que de mais precioso adquirimos foi uma experiência de vida incrível, coroada com um forte sentimento de brasilidade.

Ficou também a certeza de que Parintins, com seus contrastes, cores, sons e um povo que enche peito para expressar sua identidade cabocla é um dos patrimônios do Brasil que deveriam ser conhecidos. Ignorar essa a riqueza cultural é privar-se de descobrir um mundo realmente mágico.

Roberto Saraiva e Rodolfo Bartolini

Sobre o autor:

A redação do band.com.br está com você nos bastidores das coberturas especiais.

10 Comentários + Comentar

  • Quero parabenizar a Band pelo exelente trabalho em Parintins(minha terra),e pela vitória do melhor boi do Amazonas…

  • Que bom é a ver a Band valorizando a cultura de nosso país. A transmissão foi ótima… Obrigado pela oportunidade de podermos acompanhar tamanha beleza mesmo estando tão longe!!! Pena que o boi vermelho saiu vencedor, pois foi nítida a superioridade do boi azul.

  • Fico contente por voces transmitirem esse maravilhoso folclore, voces merecem toda audicencia, por que nao priorizam regioes, mas sim cobrem todos os acontecimentos do nosso brasil que é tao grande. Na deixa quero convida-los para as festividades das tribos em JURUTI/PA,
    PARABENS BAND VOCES SAO D+

  • Parabéns, Band, pela belíssima transmissão de uma das melhores festas desse nosso imenso Brasil. Sou da terra do Maior São João do Mundo, Campina Grande, Paraíba, mas passei a noite em frente à tv vendo essa festa fenomenal.

  • Parintins é como todo o amazonas e amor Garantido e Caprichoso em tudo que faz
    Meu Boi é raça
    meu boi é sangue
    meu boi é lindo
    e mora no meu coraçao
    Meu boi é tradiçao
    Meu boi é emoçao
    Meu boi de pano
    Sou feliz porque te amo
    Parabens BAND e a todos que vieram trabalhar nesse espetaculo.

  • como posso adquirir os DVD’s do festival?

  • Eu tive o prazer de passa Mais uma semana, pelo quarto Ano, ao lado dessa equipe simpatica, e simpres da band, Téo josé,miltom cunha,e fiz aquilo que mais Gosto Cozinha, acho que gostaráo.. Claudio Procopio.chefe executivo de cozinha do ibero star hotel navio.

  • garantido boi do povaooooooo

  • Rodolfo e Beto,
    Parabéns pelas matérias! Vocês conseguiram passar em poucas palavras para os leitores a importancia cultural do evento e como o povo brasileirto gosta de se divertir!
    ADOREI!!

  • Parabens a Band, pela cobertura, é possivel ser melhor, sim! pois o boi de Parintins é dinâmico, é preciso acompanhar esse dinamismo, eu sem pre digo que a band tem um grande produto nas mãos!é preciso saber explorar muito bem, essa que é sem duvida a festa mais EMOCIONANTE do mundo!

Deixar seu Comentário