HÁ 16 ANOS MORREU LEANDRO

(24 de junho de 2014) por Milton Parron

Luís José nasceu no dia 15 de agosto de 1961 e formou ao lado do irmão, Emival Eterno, uma dupla de cantores de enorme sucesso. Ambos trabalhavam na roça, na plantação de tomates da família, até que Luís percebeu sua vocação para a música e chegou a ser vocalista de uma banda chamada “Os Dominantes”, […]

Continuar lendo

TOM JOBIM NO CANAL LIVRE

(17 de junho de 2014) por Milton Parron

Para entrevistar o maestro Tom Jobim no programa Canal Livre da TV Bandeirantes, ancorado por Roberto D,Ávila, foram convidados Caetano Veloso, Arnaldo Jabor, Cristina Achê, Luis Carlos Maciel e Joaquim Pedro. Isso foi no dia 22 de novembro de 1980 e quem assistiu garante que foi das melhores e das mais divertidas entrevistas de Tom:

Continuar lendo

BANDEIRANTES, SHOW DE BOLA

(12 de junho de 2014) por Milton Parron

A rádio Bandeirantes, no comando da rede Verde Amarela, mais uma vez realiza um excelente trabalho de cobertura de copa do mundo, tradição que vem desde o mundial de 1950, também realizado no Brasil. A Bandeirantes tem feito muitos gols, como também muitos pontos, muitas cestas, muitos pódios porque atua em todos os principais esportes. […]

Continuar lendo

ÁRBITRO FAZ O GOL DE EMPATE NO CLÁSSICO PAULISTA

(3 de junho de 2014) por Milton Parron

Uma das cenas mais inusitadas do futebol brasileiro, entre muitas outras, ocorreu no estádio do Morumbi em um clássico Palmeiras vs. Santos válido pela 21ª. rodada do campeonato paulista de 1983. O Santos vencia por 2 a 1 até os 47 minutos da etapa final quando o árbitro José de Assis Aragão, do qual já […]

Continuar lendo

REPÓRTER ENTRA EM CAMPO PARA CHAMAR ATENÇÃO DO ÁRBITRO

(27 de maio de 2014) por Milton Parron

As coisas mais inusitadas acontecem durante os jogos de futebol e dezenas delas estão registradas nos preciosos arquivos do CEDOM – Centro de Documentação e Memória da Rádio Bandeirantes. No dia 23 de outubro de 1968, no Parque Antártica, Palmeiras e Cruzeiro se enfrentaram pelo torneio Roberto Gomes Pedrosa. Os cruzeirenses abusaram do jogo violento […]

Continuar lendo

TORCIDA BRASILEIRA

(21 de maio de 2014) por Milton Parron

Fiori Gigliotti nasceu em setembro de 1928 na cidade paulista de Barra Bonita e morreu em São Paulo em junho de 2006. Ao longo de sua carreira narrou jogos de 10 copas do mundo, e, quis o destino, faleceu às vésperas de começar o campeonato mundial de futebol da Alemanha. Fiori começou no rádio na […]

Continuar lendo

REVOLTA DA CHIBATA

(14 de maio de 2014) por Milton Parron

Foi em 1910, a bordo do encouraçado Minas Gerais fundeado na Baia da Guanabara, que se deu a chamada Revolta da Chibata liderada pelo marinheiro João Cândido Felisberto e que teve a adesão de 2.400 soldados da Marinha de Guerra do Brasil. Foi um protesto pelos maus tratos aos quais eram submetidos os marinheiros que […]

Continuar lendo

EM MAIO A BAND COMPLETA 47 ANOS

(7 de maio de 2014) por Milton Parron

Não foram poucas as dificuldades que “seo” João Saad teve de enfrentar durante anos para poder concretizar seu projeto de montar uma emissora de televisão. Obstinado, nunca recuou diante das barreiras que surgiram em seu caminho até que, finalmente, no dia 13 de maio de 1967, numa festiva noite de gala, pronunciou um emocionado discurso […]

Continuar lendo

ALÉM DE MELHOR, JÁ ERA DIFERENTE

(30 de abril de 2014) por Milton Parron

Enquanto as famílias ainda comemoravam os festejos pela entrada de um novo ano, a seleção brasileira de futebol convocada pelo técnico Flávio Costa para disputar o mundial de 1950, aqui no Brasil, realizava seu primeiro treino no estádio do Vasco da Gama. Era feriado, 1º de janeiro de 1950, e um público razoável compareceu. Quem […]

Continuar lendo

VEXAME DO BRASIL NO MUNDIAL DE 1934

(23 de abril de 2014) por Milton Parron

O Brasil é o único país que participou de todas as copas do mundo até agora realizadas. Muita gente fala do vexame de 1950, porém, nas três primeiras edições do mundial de futebol, 1930, 1934 e 1938, o Brasil se superou em matéria de “papelão”, tudo por causa da nossa clássica desorganização. Para o mundial […]

Continuar lendo