ATÉ NA PROPAGANDA A POLÍTICA JÁ FOI MELHOR

(26 de setembro de 2017) por Milton Parron

Há certas coisas da política de antigamente que deixaram muita saudade. Não está em discussão a honestidade, a dedicação, a competência, a qualidade moral dos políticos. Em maior ou menor escala, o que aí está, sempre aqui esteve. O que deixou saudade para muita gente foi o modelo de campanha eleitoral, principalmente os comícios que […]

Continuar lendo

DIVIDIR O PODER? POIS SIM!

(19 de setembro de 2017) por Milton Parron

No dia 11 de setembro de 1961, o programa da Rádio Bandeirantes A Marcha dos Acontecimentos, em edição especial, focalizou os tumultuados acontecimentos daquela semana culminando com a eleição do primeiro ministro do regime de governo que acabara de ser criado no Brasil: Durou pouco o regime parlamentarista aprovado pelo Congresso no dia 02 de […]

Continuar lendo

PAI DA GOTINHA QUE SALVA

(12 de setembro de 2017) por Milton Parron

Albert Bruce Sabin, nascido em agosto de 1906 numa cidade do interior da Rússia, hoje pertencente à Polônia, formou-se em medicina pela Universidade de Nova York e dedicou toda sua vida na área de pesquisas, especialmente de doenças infecciosas. Foi o primeiro a isolar o vírus da dengue, mas, notabilizou-se pela descoberta de um outro vírus […]

Continuar lendo

IMBATÍVEL NO ROMANCE FICCIONAL

(5 de setembro de 2017) por Milton Parron

O escritor Jorge Amado, um dos mais importantes da literatura brasileira, esteve muitas vezes em São Paulo, uma delas no dia 02 de setembro de 1988, para lançar um livro que tinha nada menos que quatro títulos: O sumiço da Santa, Berlinda de Fanáticos e Puritanos, Visitação de Inhansã a Cidade da Bahia e A […]

Continuar lendo

LACERDA, IMBATÍVEL NA ORATÓRIA

(29 de agosto de 2017) por Milton Parron

Uma tarde inesquecível viveu o plenário da Assembleia Legislativa de São Paulo no dia 24 de agosto de 1964, quando homenageou o governador da Guanabara, Carlos Lacerda, por ter formado com seus colegas Adhemar de Barros e Magalhães Pinto, de São Paulo e Minas, respectivamente, o bloco de governadores civis que deram apoio ao movimento […]

Continuar lendo

DITADURA MILITAR COMEÇOU TRÊS ANOS ANTES

(22 de agosto de 2017) por Milton Parron

Dia 25 de agosto de 1961, apenas sete meses após sua posse, um dos políticos de maior popularidade em todos os tempos, Jânio Quadros, resolveu renunciar ao seu mandato de presidente da República. Muitas hipóteses para justificar seu gesto foram levantadas e nunca devidamente comprovadas. Falou-se em pressão externa, principalmente dos Estados Unidos, por causa […]

Continuar lendo

TUMULTO NA MATERNIDADE

(16 de agosto de 2017) por Milton Parron

Na madrugada de 13 de agosto de 1992, a ex-ministra da Economia, Zélia Cardoso de Melo, deu à luz ao seu primeiro filho numa maternidade aqui de São Paulo. Seu marido, pai do menino, era o popularíssimo humorista Chico Anysio, razão mais que suficiente para provocar uma enorme movimentação de jornalistas e grande confusão na […]

Continuar lendo

A PROVA MAIS DIFÍCIL DE UMA CARREIRA

(9 de agosto de 2017) por Milton Parron

Sanderley Parrela é um dos grandes nomes do atletismo nacional. Natural de Santos, a especialidade desse velocista brasileiro era os 400 metros rasos, além do revezamento 4 x 400. No campeonato mundial de atletismo, em Sevilha, em 1999, Sanderley ganhou a medalha de prata, um feito extraordinário. No ano seguinte foi o 4° colocado, na […]

Continuar lendo

ROTOS DENUNCIANDO ESFARRAPADOS

(1 de agosto de 2017) por Milton Parron

Lembram-se do escândalo do mensalão denunciado pelo deputado Roberto Jefferson apontando seu colega de parlamento, José Dirceu, como chefe do esquema? Isso ocorreu entre 2005 e 2006. Em função do que foi apurado, em setembro de 2005 o mandato de Roberto Jefferson foi cassado e em dezembro, do mesmo ano, foi a vez de José […]

Continuar lendo

ESPETÁCULO PARA NÃO SER ESQUECIDO

(26 de julho de 2017) por Milton Parron

  Há 17 anos o estádio do Morumbi viveu uma noite mágica, de intensa emoção e beleza. Os três maiores tenores de tempos modernos apresentaram-se juntos, num espetáculo que para muitos era impossível de se realizar. Foi no começo da noite de 22 de julho do ano 2000. O italiano Luciano Pavarotti e os espanhóis […]

Continuar lendo