O MAIS QUERIDO CAIPIRA DO BRASIL

(5 de novembro de 2015) por Milton Parron

Amácio Mazzaropi, nascido em 1912,  foi um dos grandes humoristas do rádio, tv, cinema, teatro  e também dos circos brasileiros. Vestia-se como homem simples do sertão personificando a figura do caipira.  Em 1961, Mazzaropi adquiriu uma fazenda onde iniciou a construção de um estúdio de gravação, que produziria seu primeiro filme em cores, Tristeza do […]

Continuar lendo

AVENTURAS DE UM REPÓRTER INCONSEQUENTE

(29 de outubro de 2015) por Milton Parron

Entusiasmado com uma pauta da qual me encarregou o saudoso jornalista Narciso Kalili, me meti a saltar de paraquedas para narrar as emoções que esse esporte proporciona. Isso foi em 1968, época em que os paraquedas ainda não eram tão manobráveis como os atuais e a sustentação era ínfima perto dos modernos equipamentos, de tal […]

Continuar lendo

FILME BRASILEIRO DE GRANDE REPERCUSSÃO

(22 de outubro de 2015) por Milton Parron

Cangaceiro é um filme rodado em 1952 na região de Vargem Grande do Sul, interior de São Paulo, dirigido por Lima Barreto com diálogos criados por Rachel de Queiróz. Foi a primeira produção cinematográfica brasileira a conquistar plateias estrangeiras e é considerado o melhor filme produzido pela Companhia Cinematográfica Vera Cruz. Sua história se inspirou […]

Continuar lendo

HABEMUS PAPAM

(15 de outubro de 2015) por Milton Parron

Há 37 anos o mundo católico vivia uma grande emoção. No começo da noite do dia 16 de outubro de 1978 era eleito um novo Papa, o primeiro não italiano depois de 456 anos, era polonês e se chamava Karol Wojtyla. Como sempre, o conclave que o elegeu foi cercado de muita expectativa e mistério. […]

Continuar lendo

PRIMEIRA MULHER PILOTO DO BRASIL

(8 de outubro de 2015) por Milton Parron

Thereza de Marzo nasceu em São Paulo no dia 04 de agosto de 1903. Quando tinha 17 anos, ela viu pela primeira vez um avião voando sobre São Paulo e naquele momento surgiu-lhe a ideia de se tornar piloto. Uma maluquice para a época, como recorda: Thereza fez seu primeiro vôo solo no dia 17 […]

Continuar lendo

NEM SEMPRE O BRASIL FOI ALVO DOS ESCÁRNIOS DE AGORA

(1 de outubro de 2015) por Milton Parron

Oxalá o exemplo de Alberto Santos Dumont pudesse se multiplicar para que o País não fosse comentado, como está sendo, pelos mal feitos e, sim, pelos trabalhos em benefício da humanidade. Há 109 anos repercutia pelo mundo afora o extraordinário invento de um brasileiro que pela primeira vez havia conseguido tirar do solo, por meios […]

Continuar lendo

IMPORTANTE ERA APARECER NA REVISTA DO RÁDIO

(22 de setembro de 2015) por Milton Parron

No dia do Rádio, 25 DE SETEMBRO, é importante lembrar da Revista do Rádio que foi uma das publicações mais lidas no Brasil durante muitos anos a partir de 1948 quando começou a circular. A primeira edição teve quarenta páginas, custava três cruzeiros e trouxe na capa Carmem Miranda. Dado o sucesso passou a circular […]

Continuar lendo

CRISE ECONÔMICA TOTAL, OU SELETIVA?

(17 de setembro de 2015) por Milton Parron

Sex Shop – Loja do Prazer – é um comércio especializado em produtos sensuais e eróticos, ou seja, uma loja voltada para o prazer, que não para de crescer no mundo. A primeira sex shop de que se ouviu falar surgiu em 1962 em Flensburg, no norte da Alemanha, e se intitulava “Instituto de Higiene […]

Continuar lendo

FRASE MAL COLOCADA DERROTOU O CANDIDATO FAVORITO

(11 de setembro de 2015) por Milton Parron

A deposição de Getúlio Vargas por um golpe militar no dia 29 de outubro de 1945 acabou com uma ditadura que perdurava desde 1930 e pela primeira vez, desde então, foram marcadas eleições presidenciais para aquele mesmo ano de 1945, no dia 02 de dezembro. Quatro candidatos disputaram o cargo, Marechal Eurico Gaspar Dutra, Brigadeiro […]

Continuar lendo

O SETE DE SETEMBRO

(3 de setembro de 2015) por Milton Parron

O Dia da Independência, 7 de setembro, é marcado por desfiles patrióticos na maioria das cidades brasileiras. É uma tradição que vem do segundo império por inspiração de D.Pedro II. O rádio desde a década de 40, até meados dos anos 70, sempre deu muita importância para a cobertura desse evento cívico, destacando seus melhores […]

Continuar lendo