TRANSMISSÃO PIONEIRA

(24 de agosto de 2016) por Milton Parron

Há 56 anos, dia 18 de agosto de 1960, era realizada a primeira transmissão de rádio no Brasil de uma luta de boxe direto dos Estados Unidos sendo um dos pugilistas brasileiro, Éder Jofre. O vencedor se credenciaria a disputar o título mundial dos pesos galo em novembro daquele mesmo ano. O oponente de Éder […]

Continuar lendo

RARO GESTO DE GRANDEZA NO FUTEBOL

(17 de agosto de 2016) por Milton Parron

Noite de 16 de agosto de 1961, quarta feira, Pacaembu lotado para mais um clássico Corinthians e Santos pelo campeonato paulista. Placar impiedoso para com o time do Parque São Jorge, 5 a 1, e, como sempre, a bomba estourou nas mãos do goleiro Gilmar dos Santos Neves, vaiado durante o segundo tempo inteirinho por […]

Continuar lendo

Um médio ligeiro de peso

(9 de agosto de 2016) por Milton Parron

Nem todos entendem que o pugilismo seja uma modalidade esportiva dada a sua violência. Então, como explicar o aumento do número de fanáticos pelo UFC que é muito mais violento? A explicação mais lógica talvez seja pela ausência no boxe atual, de figuras carismáticas como Joe Frazier, Muhammad Ali, Joe Louis, Rocky Marciano, Floyd Patterson, […]

Continuar lendo

PRIMEIRO “GRAMPO” A DERRUBAR UM MINISTRO

(2 de agosto de 2016) por Milton Parron

A República está desmoronando a cada dia na medida em que as escutas telefônicas flagram conversas entre verdadeiros quadrilheiros que sempre posaram como cidadãos acima de qualquer suspeita. Antes das escutas telefônicas e delações serem a regra para afastar político suspeito, foi uma gravação telefônica que levou à demissão o ministro Rogério Magri no governo […]

Continuar lendo

PAI JAÚ, SARAVÁ SÃO JORGE

(26 de julho de 2016) por Milton Parron

Neco, Amílcar, Grané, o grande Gilmar dos Santos Neves, Teleco, Servílio, Claudio, Luizinho, Baltazar, Idário, Cabeção, são alguns nomes que a nação corintiana guarda na memória com muito carinho. Um deles, porém, extrapolou as quatro linhas. Chamava-se Euclydes Barbosa, zagueiro raçudo que tinha uma impulsão fora do comum, “voava alto” como diziam os cronistas de […]

Continuar lendo

O FIM MELANCÓLICO DO CABO BRUNO

(19 de julho de 2016) por Milton Parron

Florisvaldo de Oliveira, mais conhecido como Cabo Bruno, foi um ex- policial militar, acusado de mais de cinquenta mortes na periferia de São Paulo durante os anos 80. Considerado um dos personagens mais polêmicos da crônica policial paulistana, dizia-se que ele matava bandidos a soldo dos comerciantes da periferia sul da Capital. Cabo Bruno foi […]

Continuar lendo

CELSO DANIEL SABIA DEMAIS

(15 de julho de 2016) por Milton Parron

Um dos esquemas de corrupção que o Ministério Público Federal investiga desde o início da atuação da Operação Lava Jato é o desvio de dinheiro do transporte público na prefeitura de Santo André entre 1999 e 2001. Essa ação criminosa já vinha levantando suspeita desde a época dos fatos mas só veio à tona após […]

Continuar lendo

“EM CASA QUEM MANDA É MINHA MULHER”

(8 de julho de 2016) por Milton Parron

Jânio Quadros ainda é lembrado por muitos como uma das figuras mais fascinantes da nossa política, nem tanto pela obra e muito mais pela Inteligência, pela astúcia e pelas respostas inesperadas quando era interpelado pelos jornalistas. Tornou-se célebre uma longa entrevista que deu há 35 anos, em 1981, aos jornalistas José Paulo de Andrade, Fernando […]

Continuar lendo

CASSAÇÃO INEXPLICÁVEL

(29 de junho de 2016) por Milton Parron

Popularmente conhecida como Ponte do Mar Pequeno, fazendo a ligação dos municípios de São Vicente e Praia Grande, o nome oficial daquela ponte é Esmeraldo Tarquínio, que foi prefeito de Santos eleito em 1968 com cerca de 40% dos votos válidos. Ocorre que, por não estar alinhado com as diretrizes do governo militar de 64, […]

Continuar lendo

FALHA IMPERDOÁVEL

(21 de junho de 2016) por Milton Parron

Um dos maiores vexames protagonizado pela cúpula policial de São Paulo ocorreu no dia 13 de junho de 1950 quando foram entregues a cidade 40 novas viaturas de rádio patrulha, metade para a Guarda Civil e metade para a Força Pública. A grande novidade era um equipamento ultra moderno de rádio comunicação que permitiria contato […]

Continuar lendo