http://blogs.band.com.br/marcondesbrito

Sidebar
12
DE junho
DE 2013

Espanhóis apresentam 13 motivos para o fracasso de Neymar

postado por Marcondes Brito em Futebol

12
DE junho
DE 2013
47

Comentários

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

As opiniões que você vai ler a seguir são de jornalistas espanhóis – boa parte deles de Madrid – que colocam em dúvida a capacidade de Neymar adaptar-se no futebol Europeu e no Barcelona. Só o tempo dirá se esses pessimistas têm razão em seus argumentos.

1

Vamos ver se a opinião do mestre Cruyff não esta correta. O holandês entende tudo de Barcelona. E disse que dois capitães não cabem no mesmo barco.

2

É muito fraco para o futebol europeu. Faltam-lhe estatura e firmeza para o corpo a corpo. Aqui na Espanha é completamente diferente do Brasil.

3

Romário, Ronaldo, Rivaldo e Ronaldinho jogaram antes na Europa. Chegar diretamente na Liga Espanhola é outra coisa. Precisa de um período de adaptação.

4

Messi tem frustrado tudo o que tem ao lado: Ibrahimovic, Bojan, Villa … Alguma coisa me diz que Neymar deverá ser a sua próxima vítima.

5

Ele é pequeno, como todos os outros. O que precisávamos era um atacante alto, um Plano B para as situações em que o time fica sem alternativas técnicas.

6

Se o seu melhor amigo e o cicerone na Catalunha é o lateral Daniel Alves, suponho que Neymar não escolheu a melhor companhia.

7

Comercialização esta é a palavra chave. Esse garoto tem mais marketing do que o futebol. Alguém o viu brilhar em um jogo importante?

8

Isaac Cuenca também é o rei de controle de bola.  Isso não nos impressiona mais. Estamos fartos de ver equilibradores de pelotas nas ramblas de Barcelona.

9

Alguém pode dizer que ele é craque em “pisaditas” e bicicletas. O futebol é outra coisa. Tudo indica que veremos aqui um novo Robinho.

10

Vem com ‘troupe’ mas é da mesma idade que Maradona, que perigo: amigos, amigos, família, o ‘toiss’. Tem tudo para fracassar em terras espanholas.

11

Se atuar pela esquerda, sendo destro,  vai invadir o espaço que normalmente é ocupado por Iniesta. Ou seja, um vai anular o outro dentro de canpo.

12

Até onde teremos paciência com ele? Será que vai cumprir 5 anos de contrato? Assim como Ronaldo, disputará uma temporada e adeus.

13

Nós só vimos Neymar 12 horas em Barcelona. Tito Vilanova não o conhece pessoalmente e, no fundo, só vê problemas e riscos nessa contratação.

23
DE janeiro
DE 2013

Falta em PHGanso a vontade que sobra no velho Rivaldo

postado por Marcondes Brito em Futebol

23
DE janeiro
DE 2013
77

Comentários

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

Paulo Henrique Ganso não tem no São Paulo os privilégios que tinha no Santos. Comprado por € 10 milhões para ser a estrela do time, vinha sendo preparado desde setembro para chegar 100% em 2013, mas o plano não parece ter dado muito certo.

O problema de Ganso não é falta de talento, muito pelo contrário. O problema dele é a falta de disposição, de comprometimento. Por isso vai ficar na reserva no jogo de hoje contra o Bolívar, pela Libertadores. Alguém pode imaginar o estrago que isso vai fazer na cabeça dele? É depressão na certa. No Santos, mesmo que estivesse com o joelho podre, de bengala, jamais sofreria tamanha humilhação.

Aos 23 anos, PHGanso poderia espelhar-se no exemplo do velho Rivaldo, que, aos 40, vai disputar o Paulista pelo São Caetano e planeja encerrar a carreira somente em 2014, pelo Santa Cruz, seu time de origem.

Em resumo, o que podemos dizer é o seguinte: está na hora de Rivaldo aposentar-se, sim. E já passou da hora de Ganso começar a jogar pra valer.

Quem segue @marcondesbrito no Twitter concorre a 2 ingressos da SP Indy-300 (sorteio dia 30), e também a um tablet da Samsung (sorteio dia 13/2).Clique aqui

04
DE janeiro
DE 2013

100 times na Copa São Paulo de Juniores. Quanto maior, pior

postado por Marcondes Brito em Futebol

04
DE janeiro
DE 2013
47

Comentários

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

A 44ª Copa São Paulo de Juniores que começa hoje terá 100 times divididos em 25 grupos, espalhados por 25 cidades do Estado. É, sem dúvida, a maior competição das categorias de base do Brasil, de onde já saíram craques como Falcão, Cafu, Casagrande, Toninho Cerezo, Kaká e Neymar.

Mas, na medida em que aumenta de tamanho, a competição vai perdendo também a capacidade de revelar talentos. Da edição 2012, por exemplo, ninguém conseguiu lugar no profissionalismo. O campeão foi  o Corinthians e os seus destaques foram o zagueiro Marquinhos, o lateral Denner e o meia Mateus. No Fluminense, 2º colocado, brilharam o lateral Fabinho, o atacante Marcos Júnior e o meia Eduardo. Nenhum é craque.

Este ano, a principal aposta é no jovem Rivaldo Vítor Borba Ferreira Júnior, do Corinthians (na foto, acima, com o Rivaldo, o pai famoso).Rivaldinho tem somente 17 anos atua como meia-atacante. Ele já passou pelas categorias de base do Barcelona e do Olympiakos, mas ganhou destaque mesmo quando defendeu o time de juniores do Mogi Mirim.

Outras promessas da edição 2013 são Douglas Baggio (Flamengo), Giva (Santos) e Bruno Dybal (Palmeiras).

Mas a Copa SP também é pródiga em revelar falsos talentos, como Lulinha e Boquita, do Corinthians; e Keirrison (lembra dele?), do Coritiba, que sumiram na medida em que foram ficando menos jovens. São inúmeros os casos de talentos de mentirinha.

Falcão, Cafu e Neymar, três craques revelados na Copinha. Em compensação, Lulinha, Boquita e Keirrison destacaram-se como “talentos de mentirinha”

12
DE outubro
DE 2011

Antipatia do povo espanhol espera por Neymar no Real Madrid

postado por Marcondes Brito em Futebol

12
DE outubro
DE 2011
27

Comentários

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

Se é verdade que Neymar já está negociado com o Real Madrid, é preciso preveni-lo para o que vai encontrar em terras espanholas. O jornal ÁS publica hoje uma pesquisa encomendada ao Instituto Ikerfel para saber quem é o melhor jogador de futebol que já atuou na Espanha em todos os tempos. Foram feitas entrevistas em 20 estádios do país, logo após a conquista do Barcelona na Supercopa, diante do Real Madrid. Não é surpresa, portanto, que Lionel Messi, estrela de mais aquela conquista, tenha sido eleito pelo voto popular. A surpresa é não encontrar nenhum brasileiro, nem entre os craques do presente, nem entre as grandes figuras do passado.
Recorde-se que, jogando na Espanha, quatro brasileiros foram eleitos várias vezes pela Fifa os melhores jogadores do mundo: Ronaldo, Romário, Ronaldinho e Rivaldo. Será que nenhum dele merecia ser lembrado pela torcida espanhola?
Isso revela, no mínimo, uma certa má vontade do público espanhol em relação aos jogadores brasileiros. O jovem Neymar, portanto, já sabe o que o espera por lá.
A seguir, algumas curiosidades que anotei nessa pesquisa AS/Ikerfel:

  • Lionel Messi é o melhor jogador da história do futebol espanhol, seja numa comparação com craques do passado ou do presente.
  • Os melhores da atualidade, segundo a opinião da torcida, são, nesta ordem:  Messi, Iniesta, Xavi Hernández e Cristiano Ronaldo.
  • Na comparação com os craques do passado, Messi também é o primeiro, seguido por Maradona, Di Stéfano, Raúl, Zidane e Cruyff.
  • Maradona jogou apenas duas temporadas no Barcelona (1982 a 1984) e ganhou somente um título, a Copa da Espanha. Mesmo assim ainda é mais lembrado na Espanha do que Ronaldo, Rivaldo, Ronaldinho e Romário, juntos.

* RECEBA POR E-MAIL AS ATUALIZAÇÕES DESTE BLOG
* SIGA O BLOG “FUTEBOL ETC” NO TWITTER

13
DE maio
DE 2011

Rivaldo e Kaká, ídolos humilhados

postado por Marcondes Brito em Futebol

13
DE maio
DE 2011
32

Comentários

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...


“Eu confio em mim. Eu tenho minha opinião própria. Sou um vitorioso. Fui campeão em todos times que passei. Ali no banco, no friozinho, e não poder ajudar meus amigos. É um direito meu. Vocês viram que foi humilhante. Com todo respeito ao Avaí. Chorei dentro do vestiário. Estou três meses treinando como qualquer outro jogador”.
O desabafo é de Rivaldo, eleito o melhor jogador do mundo em 1999. Alguém como ele só pode mesmo sentir-se humilhado no banco de reservas. Durante os 90 minutos, embora ninguém esteja falando sobre ele, pensando nele e nas suas afliações, normalmente fica imaginando: “O que é que estão pensando de mim?”
E quando chega em casa, tem vergonha da mulher e dos filhos. É como alguém que sai para trabalhar e volta à noite pra casa sem ter feito nada, sem ter produzido coisa alguma. Tudo bem, o salário é acima da média, mas quem já foi protagonista jamais se conforma com a função de mero coadjuvante.
Situação parecida é a de Kaká, eleito o melhor do mundo em 2007. No Real Madri, viveu a humilhação de ser preterido e ignorado por José Mourinho em  três jogos consecutivos entre Real Madri e Barcelona.
Mourinho agora propõe ao Milan a troca de Kaká por Ibrahimovic. É o golpe final na autoestima de Kaká, comprado por 68 milhões de euros, hoje transformado numa simples moeda de troca. No auge da crise, o craque brasileiro ainda tentou afagar o ego do seu comandante afirmando que “ele é nota 10″. Foi em vão. Mourinho quer vê-lo pelas costas.
A humilhação costuma trazer um sentimento de desprezo e de derrota. Isso certamente atingiu de maneira ainda mais forte dois ídolos como Rivaldo e Kaká. Mas se os humilhados serão exaltados, como diz uma passagem bíblica, ainda haverá tempo de vê-los brilhando outra vez no futebol.

* RECEBA POR E-MAIL AS ATUALIZAÇÕES DESTE BLOG
* SIGA O BLOG “FUTEBOL ETC” NO TWITTER

19
DE abril
DE 2011

Rivaldo abre o jogo e ironiza Carpegiani

postado por Marcondes Brito em Futebol

19
DE abril
DE 2011
6

Comentários

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

Sábado passado, postei aqui no blog um comentário sobre Rivaldo que acabou se confirmando hoje, no dia em que o camisa 10 do São Paulo completou 39 anos. Rivaldo está incomodado com a reserva e com as poucas oportunidades que o técnico Carpegiani está dando a ele no time titular. Hoje, numa entrevista à Band, em duas frases, ele expôs toda a sua insatisfação. E ainda foi irônico com o treinador:
1) - “Sei que vim com um convite do Rogério e não fui uma contratação do treinador. Se fosse indicado pelo treinador, com certeza eu teria mais oportunidades de jogar. Estou tendo poucas oportunidades, mas vou continuar trabalhando que a chance vai aparecer”.
2) - “Eu esperava jogar mais. Estou tendo poucas oportunidades até pela minha idade. Se eu tivesse 30 anos, com certeza jogaria mais. Mas deixo claro que tenho 39 anos e consigo jogar os 90 minutos”.

Comentário meu - Dificil saber quem está mais arrependido: o São Paulo, por ter apostado em Rivaldo; ou o próprio Rivaldo, por ter abdicado do seu projeto no Mogim Mirim.

* INGRESSOS GRÁTIS PARA A F-INDY EM SÃO PAULO! SAIBA COMO GANHAR

16
DE abril
DE 2011

Velho, Rivaldo não serve para o São Paulo

postado por Marcondes Brito em Futebol

16
DE abril
DE 2011
11

Comentários

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

Ilustração Leo Martins (Estadão)

Rivaldo será titular contra o Mogi Mirim, mas o técnico Paulo César Carpegiani já deu a entender que praticamente não conta com ele. Amanhã ele vai jogar no máximo 60 minutos e cederá seu lugar para Marlos.
“Eu não estou procurando um lugar para ele. Eu sou justo e sou simples: se Rivaldo fosse mais novo poderia disputar a posição com mais condições de ser titular”, disse o técnico do São Paulo.
Na véspera do seu 39° aniversário (nasceu em 19 de abril de 1972), Rivaldo continua tímido e avesso a badalações. Numa recente entrevista a Monica Bergamo, da Folha, ele revelou alguns episódios de sua vida que comprovam uma personalidade complicada e estranha. A seguir, alguns exemplos:

JÁ PENSOU EM PARAR DE JOGAR

“Em 2004, estava no Cruzeiro, cansado de viagem de um lado pro outro, treinamento. Não parei porque o [técnico Vanderlei] Luxemburgo disse: ‘Você tá louco, Paraíba? Ainda é novo pro futebol’. E como eu separei e casei novamente, a minha esposa fica me empolgando pra jogar. Cada ano que falo ‘vou parar’, ela fala: ‘Não, vai jogar mais dois anos’. Claro, não é ela que joga, né?”

COMO CHUTOU O BALDE NO MILAN
“Tive muitos jogos bons como titular, mas teve dois, três em que fiquei fora até dos 18 [nem no banco de reservas]. Já me senti um pouco humilhado. O ponto final foi uma partida contra o Ajax, lá na Holanda. Ali eu me arrebentei. O ônibus levou a gente até o campo. Faltava uma hora e meia pra começar o jogo. Fiquei essa hora e mais duas no ônibus fechado, assistindo um filme no DVDzinho. No hotel, fui falar com o Leonardo, que já era supervisor lá, e disse: Pra mim, deu”.

JÁ PENSOU ATÉ EM MORRER
“Estava contando pros jogadores a minha conversão [como virou Evangélico]. Foi em 19 de abril de 2004, dia do meu aniversário. Fazia 20 dias que uma coisa me falava que eu ia morrer de acidente de carro. E isso me levava a dirigir, mesmo sem motivo. Tava voltando de Mogi Mirim e ouvi: ‘É hoje, é hoje que você vai morrer’. Eu vinha na [rodovia dos] Bandeirantes, sempre na última pista, para ficar bem longe de caminhão. Mas também ouvia: ‘Se você me aceitar, não morre’. Cheguei no apartamento e disse pra minha esposa: ‘Hoje eu quero aceitar Jesus’. Ela pegou a Bíblia, orou comigo e aí nunca mais escutei aquilo. Se eu já conhecesse Jesus, jamais teria me separado, porque Deus é contra o divórcio”.

* INGRESSOS GRÁTIS PARA A F-INDY EM SÃO PAULO!  SAIBA COMO GANHAR

11
DE abril
DE 2011

Liedson, um jeito Keirrison de ser

postado por Marcondes Brito em Futebol

11
DE abril
DE 2011
21

Comentários

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

Sem marcar há 3 jogos, Liedson põe a culpa nos companheiros do meio-campo: “Mais uma vez não tive oportunidade sequer de tentar uma finalização. A bola chegou muito pouco”.
Imediatamente o técnico Tite rebateu: “É bem verdade, também, que Liedson fez dez gols com essa mesma criação. Ele teve essa possibilidade, mas a bola não entrou”.
Pode ser apenas uma coincidência, mas Liedson parou de marcar gols tão logo o Corinthians anunciou a contratação de Adriano. Outra coincidência: Keirrison, que fez seu nome no Palmeiras com um início tão arrasador quanto o dele, simplesmente desaprendeu o caminho do gol. Talvez seja a mesma doença, o mesmo sintoma. Te cuida, Liedson!
A seguir, algumas considerações sobre o fim de semana de futebol:
* A apresentação de Adriano foi fria, muito fria. A torcida parece não acreditar na reabilitação do Imperador. Mas o pior mesmo é ver o quanto Adriano está barrigudo. Parece que engoliu a bola.
* Na estréia de Muricy Ramalho, o Santos fez um jogo sonolento contra o Americana. Mereceu perder. Outra coisa: num momento em que tirou rapidamente o boné da cabeça, deu pra ver que Muricy está perdendo os cabelos. Se o time não engrenar, vai ficar careca de vez.
* Paulo Henrique Ganso revelou que está “se acertando” com a 9ine, de Ronaldo. Isso, naturalmente, acende a luz amarela na Vila Belmiro, porque, dai pra acertar com o Corinthians é um pulo.
* No sábado, Kaká voltou a jogar 90 minutos pelo Real Madri e fez dois gols. De pênaltis. Não é nada, não é nada…
* Carpegiani escalou Rivaldo como titular na goleada sobre Noroeste, mas o veterano camisa 10 está em baixa. Repare só que Rivaldo não erra um passe, mas o ritmo dele é completamente diferente do ritmo dos companheiros.
* O Flamengo ganhou bem do Botafogo, mas Ronaldinho Gaúcho – como diz um velho amigo meu de Brasília – continua sendo apenas “o melhor salário em campo”.
* O Inter imita o Grêmio e põe um ex-ídolo da torcida para comandar a equipe. Se deu certo com Renato Gaúcho, pode dar certo com Falcão, claro.
* O Corinthians de ontem parecia demais com o Corinthians que perdeu para o Tolima. Se eu fosse o técnico Tite, começava a me preocupar com a própria  “empregabilidade”.

* INGRESSOS GRÁTIS PARA A F-INDY EM SÃO PAULO! SAIBA COMO

15
DE março
DE 2011

Rivaldo, de repente, sumiu da mídia

postado por Marcondes Brito em Futebol

15
DE março
DE 2011
19

Comentários

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

Toda a euforia pela contratação de Rivaldo pelo São Paulo sumiu da noite para o dia. O camisa 10 que encantou a todos na estréia contra o Linense, foi vaiado na semana seguinte e depois foi parar no estaleiro.
Além disso, o técnico Carpegiani, encantado com a rapidez, a jovialidade e o talento de Lucas, não enxerga lugar para Rivaldo no seu time titular.
Para piorar, o São Paulo acaba de anunciar a contratação de Luiz Fabiano. Foi o suficiente para Rivaldo ser relegado a terceiro plano. No Morumbi, há sinais de arrependimento pela contratação de um quase quarentão que vive sempre se machucando. Teme-se que Rivaldo repita o fracasso de Beletti (34), dispensado nesta 3a feira pelo Fluminense, que, em mais de seis meses, fez apenas nove partidas, três delas como titular.
Quem contrata veteranos, por melhor que seja o seu curriculo, sempre vai correr esse risco.

28
DE fevereiro
DE 2011

Ronaldinho, Adilson e o clássico

postado por Marcondes Brito em Futebol

28
DE fevereiro
DE 2011
28

Comentários

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

Ronaldinho de centroavante é a mais nova invenção de Luxemburgo. Acho que foi a primeira vez na vida do R-10 que ele teve essa experiência maluca. Pior é que o Flamengo tinha Deivid e Diego Mauricio no banco de reservas. Só quando buscava jogadas fora da área, nas laterais do campo, Ronaldinho conseguiu fazer algumas jogadas de efeito.
Bem, que o Flamengo ganharia o jogo ninguém tinha  a menor dúvida. O Boavista foi longe demais e já entrou para a história. O bom mesmo da decisão carioca foi ver Ronaldinho erguendo uma taça como capitão. A última vez foi na Copa das Confederações, em 2005. pela seleção brasileira. Mas, repito, jogando como centroavante, Ronaldinho é um peixe fora d’água.
Adilson Batista comandou o Santos em 11 partidas, ganhou 5 e perdeu somente uma. Olhando os números assim, friamente, parece que a sua demissão foi uma injustiça, mas não foi, não. O Santos tem, talvez, o melhor elenco dos grandes de SP, mas Adilson estava muito confuso e sem confiança. O ideal seria o Santos tentar levar de volta Dorival Júnior.
E o clássico paulista teve de tudo: muita chuva, falta de luz, excesso de falta, pouca técnica e um jogo equilibrado. Empate justo no fim. Só fiquei frustrado com os poucos minutos que Carpegiani concedeu a Rivaldo. Acho que merecia mais e poderia ajudar a equilibrar o time a partir da expulsão de Alex Silva. Pelo que se conhece da personalidade de Rivaldo, ele não vai demorar muito tempo no Morumbi se for tratado como um velho craque ou um craque velho. Quem já foi o melhor do mundo nunca vai se conformar como mero coadjuvante.


* RECEBA POR E-MAIL AS ATUALIZAÇÕES DESTE BLOG

* SIGA O BLOG “FUTEBOL ETC” NO TWITTER

12
Criação de Sites e Comunicação Digital: Agência Qualitare