http://blogs.band.com.br/marcondesbrito

Sidebar
11
DE fevereiro
DE 2012

Teixeira vai renunciar? Seria um sonho, mas é improvável

postado por Marcondes Brito em Futebol

11
DE fevereiro
DE 2012
13

Comentários

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

A possibilidade de Ricardo Teixeira renunciar ao cargo de presidente da Confederação Brasileira de Futebol é uma aposta do jornalista Ricardo Perrone, em seu blog no UOL. Por enquanto, tudo não passa de suposições, mas não deixa de provocar uma certa euforia em grande parte da população que está insatisfeita com o comando da CBF. Anotei alguns dos argumentos de Perrone. Comento em seguida:

  • No último dia  30, a elite da cartolagem brasileira, incluindo a CBF, participou da festa de lançamento do canal Fox Sports, no Rio. Nas rodinhas de convidados, o mais picante assunto foi a possível renúncia de Ricardo Teixeira.
  • Dirigentes paulistas ouviram de cariocas com bom trânsito na confederação que o “boss” estaria disposto a renunciar… A senha para detonar essa operação seria a demissão de seu tio, Marco Antônio Teixeira da secretaria geral da CBF.
  • Se o estatuto for seguido à risca, José Maria Marin, vice mais velho e queimado após colocar no bolso uma medalha no final da Copa São Paulo, assumiria a presidência da CBF.
  • Dois cartolas confirmaram ao blog terem ouvido sobre a possível renúncia. Um deles trata o tema ainda como boato. O outro, porém, vê chances reais de renúncia. Segundo ele, Teixeira estaria preocupado com os desdobramentos das acusações de suposto suborno na Suíça
  • O cartolão estaria disposto a seguir os passos de seu ex-sogro, João Havelange, que abriu mão de sua patente no Comitê Olímpico Internacional, pressionado pelas mesmas denúncias vindas da Europa.
  • Teixeira jogando a toalha poderia ser apenas uma miragem de cartolas, mas eles não estão sozinhos nesse “delírio”. Membros do Governo Federal pintam o desafeto de Dilma Rousseff como um ditador que prepara a transição do poder.
  • Instalar Andrés Sanchez na sede da CBF seria o principal gesto na direção de uma pacífica passagem de bastão. Ainda que não assuma a poltrona presidencial, o corintiano seria o responsável por zelar pelos interesses do amigo.

Comentário meu – Seria um sonho livrar-se de Ricardo Teixeira. O futebol brasileiro, por tudo que representa, merece ser administrado com mais transparência. Assessores da CBF desmentem a possibilidade de renúncia. Particularmente, acho que Teixeira dificilmente vai largar o osso, mas já está mesmo passando da hora de alguém tomar o poder e acabar com esse feudo que foi criado por Havelange.

Em tempo – Enquete nova no blog: quem vai mandar no Corinthians?

> SIGA O BLOG NO TWITTER E CONCORRA A 10 INGRESSOS DA F-INDY

Criação de Sites e Comunicação Digital: Agência Qualitare