http://blogs.band.com.br/marcondesbrito

Sidebar
25
DE março
DE 2015

Revista France Football derruba 7 mitos do futebol brasileiro

postado por Marcondes Brito em Futebol

25
DE março
DE 2015
4

Comentários

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

20cd1932f48a4d22a7671ae650e95de61 – O futebol brasileiro é espetacular
A seleção brasileira, há muito, perdeu o seu encanto, seu toque de loucura que a diferenciava de todas as outras. Foi-se o tempo do futebol bonito, agora, é eficência em primeiro lugar.

2 – Todos os brasileiros têm técnica
No imaginário ocidental, o jovem brasileiro aperfeiçoa suas técnicas com os pés enfiados nas areias de Copacabana debaixo do sol e nas quadras de futsal. Mas o futebol de alguns brasileiros, e não apenas daqueles que jogam no Campeonato Francês, entretanto, faz questionar se eles acharam a porta do ginásio ou se não se confundiram com uma sala de musculação hiperequipada’.

3 – Laterais como zagueiros
Djalma Santos, Carlos Alberto Torres, Cafu, Roberto Carlos… Toda seleção brasileira campeã do mundo teve laterais muito ofensivos, até chegar a Copa de 2014 e a dupla Marcelo-Daniel Alves ser atacada por todos os lados. A aposta de Dunga é em Danilo e Filipe Luis, menos ofensivos e mais robustos.

4 – Os goleiros são ruins
Quem se atreve a dizer que o Brasil não tem grandes goleiros? Gilmar [dos Santos Neves, arqueiro do bi em 1958 e 1962], Taffarel, Dida, Júlio César… E o país ainda tem o artilheiro dos goleiros, Rogério Ceni.

5 – Sempre há festa nas arquibancadas
Imaginar que o público que se viu na Copa do Mundo é o de sempre no Brasil é uma miragem. A média dos dois últimos Brasileiros não passou de 16 mil espectadores [na edição 2013, a média foi de 14.951, e na de 2014, de 16.555].

6 – O nível do Campeonato Brasileiro é baixo
É sempre a mesma coisa: os ex-jogadores do país, após pararem, dizem que o campeonato do país era melhor antes. A Federação Internacional de Futebol, História e Estatística (IFFHS) põe o Brasileiro como o quarto melhor do mundo, só atrás de Inglês, Espanhol e Italiano.

7 – Os jogadores são muito religiosos
Sim, é verdade! É difícil escapar de Deus quando há um jogo do Brasil. Edmilson, Kaká, Thiago Silva e os dedos de Neymar apontados para o céu… Os jogadores rezam juntos e fazem sinais ao céus no limite do proselitismo.

24
DE março
DE 2015

O “Expressinho” garantiu a classificação do Corinthians

postado por Marcondes Brito em Futebol

24
DE março
DE 2015
11

Comentários

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

53b686b7190396185094f3336b1167d2Na inusitada terça feira de futebol, deu quase tudo certo para o Corinthians. Tite escalou o time reserva, o chamado “Expressinho”, e garantiu a classificação antecipada para a próxima fase do Paulistão.
O Corinthians de hoje tem um elenco respeitável, um elenco de luxo, que pode dar ao treinador a condição de disputar várias competições ao mesmo tempo. Ninguém pode esquecer que esse foi o grande trunfo do Cruzeiro nos dois títulos nacionais que conquistou em 2013 e 2014.
A vitória sobre a Portuguesa – um time fantasma que não tem presidente e que não paga salário dos jogadores – era mais do que uma obrigação. Mas foi importante ver o poder de fogo desse garoto Malcon, um diamante bruto que merece ser lapidado. Algo semelhante a Gabriel Jesus, do Palmeiras, ou Gabigol, o menino promissor da Vila Belmiro.
7a100122c38bc809ce54266b1ce600a5Faltou, talvez, o fim do jejum de Vagner Love, que está literalmente perdendo os cabelos de ansiedade e não consegue marcar com a camisa do Corinthians.
E teve ainda a marca de R$ 50 milhões arrecadados nas bilheterias do Itaquerão, em menos de um ano de uso. É muito dinheiro. É um movimento financeiro de fazer inveja a qualquer time do mundo.
Mas também é uma pena que toda essa grana seja destinada para amortizar a dívida com a Odebrecht e não sobre nada para o clube.

24
DE março
DE 2015

Kaká escala seu “time ideal” sem Messi e sem Neymar

postado por Marcondes Brito em Futebol

24
DE março
DE 2015
4

Comentários

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

Brilhando agora no Orlando City-EUA, Kaká é destaque na edição digital do jornal britânicofed68127ad2752b7c14c19ea8d7f68bf Daily Mail. A reportagem o trata como o craque que já foi eleito uma vez o nº 1 jogador do planeta, à frente de Ronaldo e Messi, e revela tudo sobre sua carreira.
O Daily Mail pediu para o jogador brasileiro eleger o seu time ideal e Kaká surpreendeu por não incluir Messi entre eles. Neymar também ficou fora, mas isso é compreensível, porque ele ainda está no início de carreira. Tem muita grama pra comer ainda pela frente. A seleção de Kaká ficou assim:
Dida, Cafú, Nesta, Maldini, Roberto Carlos, Zidane, Pirlo e Iniesta, Cristiano Ronaldo, Ronaldinho e Ronaldo.
Contra Messi talvez tenha pesado aquela deselegância do argentino, depois do último Superclássico das Américas (Brasil 2×0), quando Kaká correu para pedir a sua camisa e Messi negou de forma constrangedora. Reveja aqui embaixo:

23
DE março
DE 2015

No Sócio-Torcedor, Trio de Ferro vê os rivais pelo retrovisor em 2015

postado por Marcondes Brito em Futebol

23
DE março
DE 2015
16

Comentários

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

O Movimento por um Futebol Melhor, programa que oferece descontos em produtos a sócios-FullSizeRender (1)torcedores de 61 clubes no Brasil, atingiu mais uma marca histórica nesta segunda-feira: 900 mil associados.
Em pouco mais de dois anos, o Movimento registra um crescimento de 569%, consolidando-se como uma parceria vitoriosa entre clubes, sócios-torcedores e empresas que acreditam no futebol brasileiro.
O programa foi lançado em janeiro de 2013 com 158 mil sócios-torcedores em 15 clubes. Apenas este ano, o Movimento já acumula 105.514 novos integrantes.
O clube com o maior crescimento em 2015 é o Palmeiras, com 38.863 novos sócios-torcedores. Em seguida estão Corinthians (18.006), São Paulo (16.562) e Atlético-MG (5.092).
No total, o Internacional lidera o Torcedômetro com 130.204 sócios-torcedores, seguido por Palmeiras (103.314), Corinthians (84.725) e Grêmio (81.345).

23
DE março
DE 2015

Romário, com a metralhadora na mão, dispara contra Ronaldo, Teixeira e o Congresso

postado por Marcondes Brito em Futebol

23
DE março
DE 2015
27

Comentários

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

Numa longa e boa entrevista ao repórter Breiller Pires da revista Placar (foto de Alexandre Battibugli), o senador Romário “soltou os cachorros” pra cima da CBF, Ricardo Teixeira, Zagallo, Roberto Dinamite, Ronaldo e para os colegas do Congresso Nacional. “Um bando de corruptos”, acusou. Admitiu que era um jogador absolutamente ‘fominha’, que não passava a bola pra ninguém se tivesse a mínima possibilidade de fazer o gol. “Eu era melhor do que todos, Bebeto, Ronaldo, Edmundo, qualquer um…”
Anotei alguns trechos da entrevista e transcrevo a seguir:FullSizeRender
DINAMITE
“Ele via que eu estava fazendo gols e não podia fazer nada, ficou enciumado… Fiquei seIs anos no Vasco sem receber porque ele não quis pagar. Foi o maior jogador da história do Vasco, mas como dirigente foi um escroto”.

RONALDO
“Não sou amigo, mas também não sou inimigo. Só que ele andou falando umas merdas por aí… O cara era Dilma antes da Copa. A Copa acabou e ele passou a ser Aécio… Não digo que ele seja um merda porque ele não é. Mas Ronaldo é um copo d’água em cima da mesa, sabe como é? Se bebeu, bebeu. Se não bebeu, fica aí”.

TEIXEIRA
“Junto com Zagallo, Parreira e Américo Faria, foi o mais babaca de todos. Três dias antes do meu corte na Copa ele passou no meu quarto e disse: ‘Ta tudo certo’… Ricardo Teixeira é um filho da p**, mentiroso, isso é o que ele é”.

ZAGALLO
“Nunca teve atitude de homem comigo. Um frouxo. Como homem e como pessoa, tenho zero respeito por ele”.

CONGRESSO
‘Não acredite muito nisso [as brigas dos políticos no plenário]. Aquilo tudo é combinado, é teatrinho para aparecer na televisão. A maioria, 90% é mentira. Depois os caras saem dalí, vão jantar juntos, tomar um café e essas merdas. No futebol, eu saia na porrada dentro e fora de campo”.

22
DE março
DE 2015

O Capivariano mostrou a Tite que há muitos buracos em sua defesa

postado por Marcondes Brito em Futebol

22
DE março
DE 2015
13

Comentários

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

87e139e4bab4f63b4951d54ed2a9cc56O técnico Tite teve motivos de sobras para ficar preocupado depois desta rodada do Campeonato Paulista. Primeiro porque o seu time – apesar da vitória – levou dois gols do Capivariano e quase deixou a vitória escapar. É claro que os estaduais têm se transformado em laboratório para os grandes clubes, uma espécie de pré-temporada. Em São Paulo, todos os grandes estão sobrando e ninguém vai ficar fora da próxima fase. Mas esse laboratório serviu para mostrar que o Corintbhians está precisando melhorar muito o seu jogo defensivo.
Outros motivos de preocupação: as condições do gramado e a sobrecarga dos jogadores. Por incrivel que pareça, o time volta a jogar depois de amanhã e o treinador pretende poupar todos os titulares contra a Portuguesa.
O Corinthians, neste momento, está muito mais focado na Libertadores, mas não pode se descuidar no Estadual. No fundo, todos querem ganhar para dar motivos aos seus torcedores para tripudiar dos rivais. É isso que alimenta a paixão do futebol.
Mas hoje foi dia de clássico no Rio de Janeiro, com um jogo Flamengo 2×1 Vasco que poderia ter sido mais eletrizante se não fosse a chuva que castigou o gramado do Maracanã.
Talvez tenha sido para festejar o Dia Mundial da Água. Pode ser.93f1d78a57e81581f3a08c3150a2189d

Criação de Sites e Comunicação Digital: Agência Qualitare