http://blogs.band.com.br/marcondesbrito

Sidebar
18
DE novembro
DE 2014

14 times torcem para renovar contrato com a Caixa. Outros estão na fila

postado por Marcondes Brito em Futebol

18
DE novembro
DE 2014
8

Comentários

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

A Operação ‘Lava-Jato’ e a indefinição dos nomes que vão comandar o Ministério da Fazenda e do Banco Central não preocupam apenas o mundo político. No futebol, 14 times – sendo 7 da Série A, 5 da Série B e 2 da Série C – estão torcendo para renovar seus contratos com a Caixa Econômica Federal, o maior patrocinador do futebol brasileiro. Toda essa turbulência no âmbito do Governo Federal acaba levando intranquilidade para os cartolas.
As cifras hoje envolvem mais de R$ 100 milhões e o Corinthians tem a maior fatia, R$ 30 milhões, seguido do Flamengo, com R$ 25 milhões. Na lista estão incluídos ainda Coritiba, Atlético-PR, Vitória, Figueirense, Chapecoense, Vasco, Atlético-GO, Paraná, América-RN, ABC, CRB e ASA de Arapiraca. Outros também tentaram, mas foram barrados pela falta de certidões negativas.
Evidentemente que é uma via de mão dupla. A Caixa ajuda muito ao futebol brasileiro, mas também tem retorno institucional, porque usa o prestígio de alguns dos clubes mais populares do país.
A propósito, o comercial que a Caixa veicula na mídia tratando do futebol é de muito bom gosto. Tomara que essa parceria seja mantida. Se possível, ampliada.

18
DE novembro
DE 2014

Pensando bem, Eurico Miranda tem um “jeito Andrés Sanchez de ser”

postado por Marcondes Brito em Futebol

18
DE novembro
DE 2014
16

Comentários

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

A volta de Eurico Miranda à presidência do Vasco promete agitar o futebol brasileiro a partir de 2015. Eurico é o tipo do cartola polêmico que costuma fazer barulho e, em alguns casos, costuma também fazer sucesso por aqui.
Eurico está para o Vasco como Andrés Sanchez estava para o Corinthians… como Alexandre Kalil, no Atlético imagesMineiro… ou como Carlos Miguel Aidar, que compra uma briga por semana desde que assumiu o comando do São Paulo.
O que eles têm em comum é o fato de serem cartolas que gostam de ganhar no grito e que, invariavelmente, acabam caindo no gosto popular.
Eurico já chegou prometendo resgatar o respeito que o Vasco da Gama perdeu. Andrés Sanchez fez a mesma promessa quando assumiu o Corinthians, em 2007.
A reputação de Eurico e os seus métodos de trabalho são contestados, mas ele ganhou uma eleição disputadíssima e tem legitimidade para voltar a dirigir o Vasco.
No fundo, a vitória de Eurico reflete com clareza o fracasso que foi a experiência de Roberto Dinamite como dirigente e administrador. O Vasco da Gama, mais do que nunca, precisa de alguém como Eurico Miranda.

17
DE novembro
DE 2014

Dunga põe Thiago Silva ‘ajoelhado no milho’ e o obriga a pedir desculpas

postado por Marcondes Brito em Futebol

17
DE novembro
DE 2014
45

Comentários

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

Tudo indica que o zagueiro Thiago Silva arrependeu-se das críticas que fez ao técnico Dunga pelo fato de não ser mais o capitão da seleção brasileira, depois de virar notícia no mundo inteiro por conta de sua “rebeldia” que atingiu inadvertidamente o craque Neymar.
Num primeiro momento, o zagueiro não pareceu disposto a esconder sua insatisfação. Ele disse – embora tenha se mostrado arrependido depois – que estava chateado porque lhe tiraram um espaço que há muito pouco tempo era exclusivamente seu.
Ninguém sabe exatamente o que aconteceu nos bastidores. É possível o técnico Dunga tenha submetido o zagueiro do PSG a algumas horas de castigo, ajoelhado no milho, na concentração do Brasil, em Viena. Não podemos duvidar de nada, porque esse é o estilo de Dunga.
Além do mais, o castigo teve efeito imediato e Thiago recuou imediatamente das bobagens que falou no domingo.
De uma coisa nós podemos ter certeza: Thiago Silva, embora seja um dos melhores zagueiros do mundo, mostrou (como já havia mostrado naquela ‘amarelada’ que deu no jogo contra o Chile) que não tem personalidade para ser o capitão da seleção brasileira.
Ele é craque, mas não é xerife.61a2947af7df68abfd25b921b42424c4Para desfazer o que chamou de ‘mal entendido’, Thiago Silva postou na internet esta foto, com a legenda: “A humildade é algo que faz você um cara diferente e que a cada dia só tem mostrado quem verdadeiramente é! Continue assim, porque esse é o caminho de vitórias e conquistas! @neymarjr #amamosaseleção. Estamos Brigados haha”

17
DE novembro
DE 2014

Fala, professor! Técnicos analisam a rodada do Campeonato Brasileiro

postado por Marcondes Brito em Sem categoria

17
DE novembro
DE 2014
23

Comentários

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

“Nós tivemos um domínio muto amplo, mas no segundo tempo nós sentimos o desgaste físico. Este time não ac16d397a242ab6eed5ee33ef43d96c2consegue jogar 90 minutos, faltando cinco partidas para o fim da temporada. Eles tiveram muito empenho na parte física, mas deixaram a desejar na parte tática. Temos ainda quatro jogos, o Flamengo, Inter, depois Coritiba e Botafogo. Vamos buscar. O time está muito focado”, Levir Culpi (Atlético-MG).

“Se tivéssemos saído na frente, o Fluminense teria mais dificuldade. Acho que naquele lance de Carlos Alberto, quando a bola foi metida, ele dominou de frente, achou que tinha um tempo demasiado, mas não tinha. Ele teve chance de finalizar, me disse que esperou a queda do Diego (Cavalieri). Naquele momento, sair na frente seria muito importante”, Vagner Mancini (Botafogo).

“Foi uma vitória com coração mesmo, nas horas em que os jogos ficarem como o de hoje, você tem de tirar de dentro a vitória. Você olha para o lado e está muito cansado, os outros também estão muito cansados. Era a situação do jogo naquele momento. Sabíamos que um lance ia decidir”, Mano Menezes (Corinthians).

“Não dava para continuar naquela forma, fizemos uma preleção muito boa no vestiário, mas entramos um pouco mole na marcação, o time do Santos é muito bom tecnicamente, tem muita criatividade, tem de ter cuidado com o contra-ataque e no primeiro tempo demos praticamente um chute apenas. No segundo tempo o time foi bem melhor”, Marcelo Oliveira (Cruzeiro).

“Estou feliz. Lembro que, quando cheguei aqui, muitos questionavam sobre uma possível segunda divisão. Agora é diferente. Mas temos que nos preparar para 2015 ser melhor, com cobranças por vitórias e títulos, e não confusão. Queria aproveitar para esclarecer a situação dos contratos. Não tem renovação. Eu firmei um acordo verbal até o final de 2015 e estou aqui para cumprir. O martelo está batido. Vou ficar”, Vanderlei Luxemburgo (Flamengo).

“É a hora do sprint, de ter boa chegada, de chegar forte, com mais uma vitória começa a ter possibilidade de entrar no G-4. Os critérios de desempate são decisivos, temos de nos preocupar com isso, sim. Procurar melhorar o que tiver de melhorar”, disse o treinador, lembrando que o Fluminense tem a mesma pontuação do quarto colocado. Temos de ter atenção porque o campeonato é traiçoeiro”, Cristovão Borges (Fluminense).

“Em alguns momentos não criávamos tanto quanto estamos criando e também o aproveitamento tem sido melhor. Aí vai juntando uma coisa com outra e conseguindo vitórias. A parte tática os jogadores entenderam e cresceram. E aí as coisas estão dando mais certo que antes. Estamos muito melhores taticamente e aí flui mais chances de gol para todo mundo”, Felipão (Grêmio).

“É verdade que o Goiás melhorou, mas nosso primeiro tempo foi fantástico. O parâmetro tem que ser aquele, não fizemos, mas não demos chance para o adversário. O Goiás veio leve, pressionamos bem”, disse Abel Braga. Se você tirar os primeiros 17 minutos do segundo tempo onde o Goiás foi melhor, o jogo é nosso. Nós tomamos conta de novo. Foram várias bolas, mas erramos muito no último passe, no cruzamento”, Abel Braga (Inter).

“Nós não podemos fugir da realidade. É natural que isso incomode. Não é para se lamentar, tentar achar o que deixamos de fazer (nos clássicos perdidos). Temos que nos preparar para que finalizemos muito bem a competição para sair com força para o ano seguinte. Eu não quero falar sobre arbitragem, mas você não pode ter reação nenhuma. O treinador no Brasil é totalmente vulnerável ao comportamento do árbitro”, Dorival Júnior (Palmeiras).

“Se o novo presidente achar que é conveniente fazer uma troca, vai fazer. Nós temos oportunidade nessa virada de ano, já com avaliação muito melhor do elenco, de fazer um bom trabalho. Eu sou responsável por tudo que aconteceu depois que assumi, mas não participei da montagem do elenco, hoje tenho visão clara do que temos que manter, do que temos que trocar, dos jogadores que temos que dar oportunidade em outro lugar… Quem vencer a eleição tem que ter esse tipo de critério”, Enderson Moreira (Santos).

“Foi uma boa vitória, um resultado justo. O nosso time está mais completo que o do Palmeiras. O técnico [Dorival] veio em cima da hora, e não é fácil formar um time no meio do torneio como o do Palmeiras. O mundo todo não muda o trenador como no Brasil. E o Brasil é o campeão de mudança e já está provado que não é isso”, Muricy Ramalho (São Paulo).

16
DE novembro
DE 2014

Danilo, enfim, acaba com o complexo de Robin Hood

postado por Marcondes Brito em Futebol

16
DE novembro
DE 2014
29

Comentários

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

imageDanilo nunca falha. O veterano de 35 anos, que já havia decidido outros jogos, entrou aos 30 min quando o Corinthians estava empatando com o Bahia e, com toda a sua experiência, arrumou o time de Mano Menezes. Foi dele a jogada que terminou com o gol de Renato Augusto.
O Corinthians, que notabilizou-se este ano como uma espécie de Robin Hood (aquele que rouba dos ricos para entregar aos pequenos), quebrou essa rotina na tarde de hoje.
Os jogos, que teoricamente poderiam dar vantagem ao time comandado por Mano Menezes, são um pesadelo. No primeiro turno, a equipe só empatou em casa contra o Bahia (1 a 1). Diante do Criciúma, o placar também não foi muito melhor: 0 a 0, mas em Santa Catarina.
Contra os outros integrantes da zona de rebaixamento, o Corinthians teve um empate e uma derrota contra o Botafogo e um triunfo e um empate nos jogos com o Vitória.

16
DE novembro
DE 2014

Corinthians deveria aprender com o Palmeiras como construir arena lucrativa

postado por Marcondes Brito em Futebol

16
DE novembro
DE 2014
77

Comentários

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

image
Deu na Folha (Por Diego Iwata Lima)

O novo estádio do Palmeiras será inaugurado na próxima quarta (19), seis meses e um dia depois do Itaquerão, do rival Corinthians.
Mas, ao contrário do que acontece e vai acontecer por um bom tempo com o clube alvinegro, a nova casa palmeirense já vai estrear dando lucro para o seu dono.
Toda a bilheteria da abertura contra o Sport, pelo Brasileiro, será do clube. Cerca de 39 mil ingressos estão à venda desde sexta (14).
No Corinthians, todas as receitas com venda de ingressos estão sendo alocadas em um fundo imobiliário para serem utilizadas para quitar as parcelas da dívida de R$ 1 bilhão contraída pelo clube para construir o estádio.
A primeira parcela corintiana, de R$ 100 milhões, vence em junho do próximo ano.
Essa diferença evidencia que o modelo de negócio do estádio palmeirense é bem distinto do corintiano.
A começar pelo fato de o Palmeiras não ter colocado um real dos mais de R$ 660 milhões investidos na obra –contando o valor usado na revitalização do clube social.
O Palmeiras também não pagará nada pela manutenção de sua nova casa, toda a cargo da construtora WTorre, administradora do estádio. O Corinthians vai arcar com os seus custos operacionais.
O clube alviverde também ganha percentuais de todas as receitas geradas pelo estádio, como vendas de alimentos e os naming rights, comprados pela Allianz Seguros, por R$ 15 milhões anuais.
Em 30 anos, o Palmeiras vai ganhar R$ 37,5 milhões só da Allianz –o restante ficará com a WTorre. Já o Corinthians, quando vender a alguma empresa os direitos de batizar o estádio, vai ficar com o valor integral pago pela empresa compradora.
No Corinthians, a despeito das possíveis dificuldades que vão aparecer para quitar a dívida, não há desespero.
“O ano de 2015 vai marcar o nosso lançamento para o mercado, como se fôssemos um empreendimento imobiliário”. diz Lúcio Blanco, administrador do Itaquerão.
“Nosso estádio ainda não está finalizado por causa de termos abrigado a abertura da Copa do Mundo, com exigências especiais”, diz. “Como poderíamos vender algo que não está pronto?”
O show do ex-Beatle Paul McCartney, agendado para os dias 25 e 26 deste mês no estádio palmeirense, não causa inveja no Corinthians.
“O nosso perfil é voltado para o mercado corporativo. Pensamos mais em abrigar convenções de vendas. [Shows] Podem acontecer e são bem-vindos. Mas os grandes shows não são o foco”, diz o gestor Lúcio Blanco.
Assim como aconteceu na estreia do Itaquerão, o novo estádio do Palmeiras vai ser inaugurado ainda inacabado. Lanchonetes, estacionamento, restaurantes, cozinha central e áreas de circulação e imprensa do estádio alviverde não estão prontos.
No Itaquerão, lanchonetes, estacionamento e áreas de imprensa também operam de modo provisório.

15
DE novembro
DE 2014

Responda rápido: quem deve reforçar o Corinthians, Sheik ou o irmão de Romero?

postado por Marcondes Brito em Futebol

15
DE novembro
DE 2014
35

Comentários

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

Deu no jornal Lance!

34031b7ef06fedeec564d5fe5fa72db8Emerson Sheik tem o apoio dos jogadores para voltar. O problema é a sua relação com Mano Menezes, que azedou de vez. Mas Mano Menezes, você sabe, tem prazo de validade até 31 de dezembro.4f31ac06eae423d5f11abd0e76ef3951Oscar Romero, irmão gêmeo de Ángel Romero, quer trocar o Cerro Porteño pelo Timão. Mas, a julgar pelo futebol que o outro paraguaio vem jogando…

14
DE novembro
DE 2014

Sócio torcedor do Palmeiras ultrapassa Santos e Flamengo

postado por Marcondes Brito em Futebol

14
DE novembro
DE 2014
21

Comentários

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

O programa de sócio-torcedor do Palmeiras deu mais um salto espetacular. Só nos primeiros dias de novembro, o clube ganhou 7.048 sócios-torcedores. Com isso, o Palmeiras ultrapassou de uma vez Santos e Flamengo e tornou-se o quinto maior do país, de acordo com o Torcedômetro, o ranking do Movimento por um Futebol Melhor.
Hoje, o Palmeiras alcançou 57.803 sócios-torcedores, superando o Santos, que tem 56.936, e também o Flamengo, com seus 57.141. O forte crescimento registrado nas últimas semanas coloca o Avanti na mira do Corinthians, que tem 63.689 associados.
Neste ritmo, o Palmeiras pode encerrar o ano em quarto lugar no ranking, ou até mesmo em terceiro, se conseguir superar também o Cruzeiro (66.068). O líder do Torcedômetro é o Internacional (125.642), seguido pelo Grêmio (79.967).
Em 2014, o Palmeiras é o clube com o maior crescimento de sócios-torcedores. O Avanti ganhou neste ano (até o momento) 21.869 associados. O segundo que mais cresceu foi o Corinthians (20.238).
No ano passado, o Palmeiras também ficou entre os clubes brasileiros com o maior crescimento no programa de sócios, que hoje representa sua segunda maior fonte de receita, atrás apenas dos direitos de transmissão.

14
DE novembro
DE 2014

Mídia espanhola compara Neymar ao bumbum de Kim Kardashian. Acredite: é um elogio

postado por Marcondes Brito em Futebol

14
DE novembro
DE 2014
17

Comentários

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

Lluís Mascaró é um periodista do jornal catalão Sport que teve a inusitada idéia de comparar o futebol de Neymar ao bumbum de Kim Kardashian, a norte-americana que acumula as funções de cantora, modelo, socialite, atriz, empresária, produtora executiva e participante de reality star. Suas fotos na capa da revista “Paper” foram, sem dúvidas, o assunto mais comentado desta semana na internet.
Pois bem, Lluís Mascaró foi ousado ao tentar descobrir semelharças entre Neymar e Kardashian. Veja trechos a seguir:0026ebc6802d27a11891751d60fa9aa4
“A bunda de Kardashian é uma bunda sobrenatural. Excessiva. Transbordante. A bunda de Kardashian ultrapassa os limites da realidade. Uma bunda que desafia as leis da física, ultrapassa a imaginação. A bunda de Kardashian é bunda do campeão do mundo. Uma bunda que destrói as redes sociais e meios de comunicação de cobertura que não conhece fronteiras.
A bunda de Kardashian (e desculpe a comparação) é como Neymar no futebol. Único. Brilliante. Hipinotizador. e76a3b35fccc9c52e0abc5ec8db752ddNão há regras ou restrições. Neymar (como Kardashian) quer ter sucesso com seu futebol excessivo. E depois de um ano vivendo na sombra de Messi (e preocupado com os efeitos colaterais de sua assinatura) decidiu ser como é.
Neymar, como Kardashian, quer ser o número um. E ele está disposto a explorar todos os seus argumentos futebolísticos para consegui-lo. Ele está disposto até mesmo a assumir o cargo de líder da Barca Messi se necessário. Atualmente com 12 gols e ninguém pode discutir o estilo de craque que ele é. Esta semana ele também assumiu o comando do Brasil. Ele serviu como capitão, marcou dois gols e uma assistência. Efervescente.
Como bunda do Kardashian …”

Criação de Sites e Comunicação Digital: Agência Qualitare