http://blogs.band.com.br/marcondesbrito

Sidebar
03
DE dezembro
DE 2014

Kaká não fica para a Libertadores, mas pode enfrentar uma guerra no divórcio

postado por Marcondes Brito em Sem categoria

03
DE dezembro
DE 2014
42

Comentários

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

Deu na coluna de Mônica Bergamo (Folha)

O jogador Kaká e a ex-mulher dele, Carol Celico, se preparam para uma guerra em torno da oficialização da separação. Ele contratou a célebre advogada Priscila Corrêa da Fonseca para discutir nos tribunais. Carol será representada por outra profissional de mesmo gabarito, Gladys Chammas.
A advogada de Kaká é conhecida como “Priscila, a Rainha do Divórcio”, pelas separações milionárias em que já atuou. Gladys Chammas é reconhecida por causas célebres como a de Flávio Maluf: condenado a pagar uma das maiores pensões já estipuladas pela Justiça para a ex-mulher (R$ 217 mil há cerca de dez anos), ele reverteu a decisão e chegou a um acordo menos dispendioso.
As ações que vão discutir pensão e patrimônio já correm na Justiça. Pessoas próximas ao ex-casal, no entanto, dizem que eles se armaram para a guerra com o objetivo de chegar à paz. Aos dois interessaria um acordo que evitasse uma longa disputa judicial.7e21bc13829f3b8a6b90559391383cf6 (1)
Comentário meu – O que se diz nos bastidores é que aquele casal aparentemente perfeito já estaria separado desde o começo do ano, mas – por conta de um grande contrato publicitário que protaginizava – não podia revelar que o casamento chegara ao fim. E agora que eles prometem “partir para a ignorância”, isso reforça a frase de uma música de Caetano que diz assim: “De perto ninguém é normal”.

17
DE novembro
DE 2014

Fala, professor! Técnicos analisam a rodada do Campeonato Brasileiro

postado por Marcondes Brito em Sem categoria

17
DE novembro
DE 2014
23

Comentários

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

“Nós tivemos um domínio muto amplo, mas no segundo tempo nós sentimos o desgaste físico. Este time não ac16d397a242ab6eed5ee33ef43d96c2consegue jogar 90 minutos, faltando cinco partidas para o fim da temporada. Eles tiveram muito empenho na parte física, mas deixaram a desejar na parte tática. Temos ainda quatro jogos, o Flamengo, Inter, depois Coritiba e Botafogo. Vamos buscar. O time está muito focado”, Levir Culpi (Atlético-MG).

“Se tivéssemos saído na frente, o Fluminense teria mais dificuldade. Acho que naquele lance de Carlos Alberto, quando a bola foi metida, ele dominou de frente, achou que tinha um tempo demasiado, mas não tinha. Ele teve chance de finalizar, me disse que esperou a queda do Diego (Cavalieri). Naquele momento, sair na frente seria muito importante”, Vagner Mancini (Botafogo).

“Foi uma vitória com coração mesmo, nas horas em que os jogos ficarem como o de hoje, você tem de tirar de dentro a vitória. Você olha para o lado e está muito cansado, os outros também estão muito cansados. Era a situação do jogo naquele momento. Sabíamos que um lance ia decidir”, Mano Menezes (Corinthians).

“Não dava para continuar naquela forma, fizemos uma preleção muito boa no vestiário, mas entramos um pouco mole na marcação, o time do Santos é muito bom tecnicamente, tem muita criatividade, tem de ter cuidado com o contra-ataque e no primeiro tempo demos praticamente um chute apenas. No segundo tempo o time foi bem melhor”, Marcelo Oliveira (Cruzeiro).

“Estou feliz. Lembro que, quando cheguei aqui, muitos questionavam sobre uma possível segunda divisão. Agora é diferente. Mas temos que nos preparar para 2015 ser melhor, com cobranças por vitórias e títulos, e não confusão. Queria aproveitar para esclarecer a situação dos contratos. Não tem renovação. Eu firmei um acordo verbal até o final de 2015 e estou aqui para cumprir. O martelo está batido. Vou ficar”, Vanderlei Luxemburgo (Flamengo).

“É a hora do sprint, de ter boa chegada, de chegar forte, com mais uma vitória começa a ter possibilidade de entrar no G-4. Os critérios de desempate são decisivos, temos de nos preocupar com isso, sim. Procurar melhorar o que tiver de melhorar”, disse o treinador, lembrando que o Fluminense tem a mesma pontuação do quarto colocado. Temos de ter atenção porque o campeonato é traiçoeiro”, Cristovão Borges (Fluminense).

“Em alguns momentos não criávamos tanto quanto estamos criando e também o aproveitamento tem sido melhor. Aí vai juntando uma coisa com outra e conseguindo vitórias. A parte tática os jogadores entenderam e cresceram. E aí as coisas estão dando mais certo que antes. Estamos muito melhores taticamente e aí flui mais chances de gol para todo mundo”, Felipão (Grêmio).

“É verdade que o Goiás melhorou, mas nosso primeiro tempo foi fantástico. O parâmetro tem que ser aquele, não fizemos, mas não demos chance para o adversário. O Goiás veio leve, pressionamos bem”, disse Abel Braga. Se você tirar os primeiros 17 minutos do segundo tempo onde o Goiás foi melhor, o jogo é nosso. Nós tomamos conta de novo. Foram várias bolas, mas erramos muito no último passe, no cruzamento”, Abel Braga (Inter).

“Nós não podemos fugir da realidade. É natural que isso incomode. Não é para se lamentar, tentar achar o que deixamos de fazer (nos clássicos perdidos). Temos que nos preparar para que finalizemos muito bem a competição para sair com força para o ano seguinte. Eu não quero falar sobre arbitragem, mas você não pode ter reação nenhuma. O treinador no Brasil é totalmente vulnerável ao comportamento do árbitro”, Dorival Júnior (Palmeiras).

“Se o novo presidente achar que é conveniente fazer uma troca, vai fazer. Nós temos oportunidade nessa virada de ano, já com avaliação muito melhor do elenco, de fazer um bom trabalho. Eu sou responsável por tudo que aconteceu depois que assumi, mas não participei da montagem do elenco, hoje tenho visão clara do que temos que manter, do que temos que trocar, dos jogadores que temos que dar oportunidade em outro lugar… Quem vencer a eleição tem que ter esse tipo de critério”, Enderson Moreira (Santos).

“Foi uma boa vitória, um resultado justo. O nosso time está mais completo que o do Palmeiras. O técnico [Dorival] veio em cima da hora, e não é fácil formar um time no meio do torneio como o do Palmeiras. O mundo todo não muda o trenador como no Brasil. E o Brasil é o campeão de mudança e já está provado que não é isso”, Muricy Ramalho (São Paulo).

23
DE outubro
DE 2014

Dunga está querendo ‘descobrir’ um novo Afonso para a seleção brasileira

postado por Marcondes Brito em Sem categoria

23
DE outubro
DE 2014
39

Comentários

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

Prevaleceu o bom senso e o técnico Dunga decidiu convocar apenas jogadores que atuam fora do país para os últimos jogos deste ano. Serão dois amistosos contra Turquia, dia 12 de novembro, em Istambul, e a Áustria, no dia 18, em Viena. O treinador achou melhor não atrapalhar a vida dos clubes brasileiros.
Estão de volta à seleção o meia Lucas e o zagueiro Thiago Silva, amos do PSG. As surpresas da lista ficam por conta dos meio-campistas Roberto Firmino e Casemiro, os goleiros Neto e Diego Alves, e os atacantes Douglas Costa e Luiz Adriano.
Cá entre nós, Casemiro é brincadeira. Se fosse craque, se fosse jogador de seleção, o Real Madrid não mandava embora.
Pior é esse tal de Firmino, do Hoffenheim. Quem sabe não estamos diante de um novo Afonso, um centroavante que Dunga ‘descobriu’ em 2007, no futebol holandês. Chegou a disputar 8 jogos e conseguiu fazer somente um gol.
Dunga deve estar pensando mais ou menos assim: “Pelo sim ou pelo não, vai que dá certo?”42bgy44b40oq94g0amauiynkxLembra de Afonso? Pois é

04
DE outubro
DE 2014

Ridículo Felipão querer comprar briga com Neto e Milton Neves

postado por Marcondes Brito em Sem categoria

04
DE outubro
DE 2014
22

Comentários

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

Nada justifica a irritação de Felipão com Neto e Milton Neves, da Band. O técnico do Grêmio soltou os cachorros durante a coletiva, após o seu time ser derrotado pelo São d07ce4423cc8c39b1916f20faaa4b3f2Paulo:
“Quando eu sai, xinguei sim (o árbitro Felipe Gomes da Silva). Aliás, o STJD vai ter um defensor muito grande. A Bandeirantes e o Neto. Parece que eles são os defensores totais. Eles disseram que o Grêmio foi muito mal, que eu xinguei. Eu xinguei na saída. Quero voltar e repetir. É provável que o Neto, Band e Milton Neves, todos que estão contra mim e contra o Grêmio, sejam chamados lá (no STJD, em caso de denúncia pela sua expulsão). Eles começam uma campanha. Acho ótimo isso, aí vamos marcar umas coisas aqui no Grêmio com televisões e rádios”, desafiou.
É possível que aqueles 7×1 tenham causados mais danos à cabeça do “sargentão” do que a gente pode supor.

03
DE outubro
DE 2014

Emerson Sheik, demitido do Botafogo, está num beco sem saída

postado por Marcondes Brito em Sem categoria

03
DE outubro
DE 2014
49

Comentários

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

Jogador destemido e polêmico, que fala o que pensa, o atacante Emerson Sheik tem bd8ec76240e2e76fe67cd2bf49ba713efuturo incerto. Com os salários pagos pelo Corinthians, estava emprestado até hoje ao Botafogo, mas foi demitido pelo presidente Mauricio Assumpção e agora está num beco sem saída.
Sem poder ser transferido para nenhum outro clube, já que o prazo de inscrições para a segunda divisão terminou no fim de setembro e o da Série A encerrou nesta sexta-feira, o jogador tem basicamente três caminhos para seguir: voltar a treinar, separado, no Corinthians; ficar de férias até o fim de 2014; e, por último, encerrar seu contrato que vai até junho de 2015 de forma definitiva com o time paulista. De qualquer forma, no ano que vem, ou fica no clube ou terá de procurar outro.
Sheik tem problemas pessoais com o técnico Mano Menezes. Quando saiu do Corinthians, apontou uma verdadeira metralhadora giratória contra o treinador.
“O que eu sinto sobre o Mano? Eu não gosto dele. Não escondo de ninguém que não gosto dele. Entendo que ele é um cara de caráter duvidoso e para mim isso basta. Passaria para o outro lado da rua para não ter que passar perto dele”, disse quando saiu do Corinthians.

O QUE ESTÃO FAZENDO COM O NOSSO BOTAFOGO!
(Nota Oficial da Oposição)

“A atual direção do clube, através do seu presidente, Maurício Assumpção, rescindiu o contrato dos jogadores Sheik, Bolívar, Júlio Cesar e Edilson, numa atitude que demonstra a total falta de planejamento do futebol alvinegro nesta temporada.
Esta iniciativa mostra que foi um erro apostar em jogadores sem compromisso, em fim de carreira e já milionários. Cair ou não, para segunda divisão, será apenas um detalhe para esse grupo de conformados.
São três erros: o primeiro na hora da contratação; o segundo no momento desta atitude da rescisão dos contratos, pois o Botafogo não pode contratar mais ninguém com o fim do prazo para novas inscrições no Campeonato Brasileiro; o terceiro, a falta de capacidade da direção de honrar com seus compromissos com o elenco.
Qual será o elenco que vai impedir mais um grande vexame em nossa história?
Esta medida desesperada do atual presidente para impedir que o clube vá para a segunda divisão do futebol brasileiro é apenas a prova de que o erro do clube está no modelo de gestão, sem transparência, ética e profissionalismo, o que vem levando o clube para o abismo.
O Botafogo hoje se encontra sem comando e como um barco à deriva. O Botafogo de hoje é um clube de poucos, que se negam a ampliar a democracia interna.
Nestas eleições, teremos quatro chapas, cada uma com 140 sócios, perfazendo um total de 560 membros, num universo de no máximo 1.500 sócios, o que pode ser considerado pouco para definir o destino de um gigante.
Se não bastasse toda esta situação, as eleições do clube ocorrem sem transparência e de maneira antidemocrática. A listagem oficial de sócios está com sérios problemas, membros da Junta Eleitoral fazem parte da Chapa da Situação (“Por Amor ao Botafogo”), encabeçada pelo atual vice-presidente Social e de Comunicação, Thiago Cesário Alvim.
Utilizam o marketing do clube para fazer propaganda do candidato no telão do Maracanã, durante os intervalos dos jogos e ainda fazem uso das dependências, da máquina do clube, de acesso às informações privilegiadas, visto que suas reuniões para traçar estratégias de campanhas eleitorais são realizadas nas dependências do próprio clube, com a participação do atual presidente, do Conselho Deliberativo e dos membros da Junta Eleitoral.
Apesar do nosso Estatuto, infelizmente, não considerar isto ilegal, acho que todos nós concordamos que é, no mínimo, antiético.
A chapa “Por Amor ao Botafogo”, encabeçada por Thiago Cesário Alvim, tem nada menos que treze sócios entre vice-presidentes, diretores e membros da mesa do Conselho Deliberativo, da gestão do Maurício Assumpção.
Isto é mais do que suficiente para comprovar, de modo incontestável, que essas pessoas representam a total continuidade da “caixa preta” que hoje é o BOTAFOGO e que tem nos levado à calamitosa situação amplamente divulgada pela imprensa.
Portanto, diante da evidente incapacidade de articulação e solvência do atual mandatário, sugerimos ao mesmo sua imediata licença do cargo, sendo em seguida pela criação, por parte do Conselho Deliberativo, de uma comissão para gerir o clube até o fim do processo eleitoral.

VINÍCIUS PRESIDENTE
CHAPA ALVINEGRA – “CLUBE DE TODOS, GLÓRIAS PARA SEMPRE”

30
DE setembro
DE 2014

No Aeroporto de Porto Alegre, uma história policial com “final feliz”

postado por Marcondes Brito em Sem categoria

30
DE setembro
DE 2014
10

Comentários

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

Nesta 3a feira, numa viagem para Montevidéu-URU, fiz conexão em Porto Alegre e tive o celular furtado no Aeroporto Salgado Filho – um vacilo, enquanto colocava-o prae916ac96a412a8af507a62f4c820e1a6 carregar. Mas foi aí que a tecnologia entrou em ação, como num filme policial.
Liguei na Claro, bloqueei o aparelho e recebi a orientação de utilizar o aplicativo de rastreamento. Fui no posto da Polícia Civil, fiz BO e, no tal aplicativo, observamos que o aparelho estava por ali, dentro do aeroporto. Acompanhávamos passo a passo a sua movimentação.
A Polícia então usou as câmeras de monitoramento e viu o momento que o ladrão agiu. Seguiu os passos dele e recuperou o aparelho.
Quando desembarquei aqui em Montevidéu recebi este email da Polícia.
-=-=
Boa tarde.
Informo-lhe que recuperamos seu telefone celular Iphone5, que encontra-se à sua disposição nesta Delegacia de Polícia para o Turista.
Att,
Suzana Teixeira
Comissária de Polícia
Porto Alegre -DPTUR SIPAC
Delegacia de Policia Regional de Porto Alegre
-=-=-=

Enfim, foi uma experiência desagradável, mas acabou sendo também emocionante, principalmente pelo “final feliz”. Já agradeci à Comissária Suzana Teixeira e parabenizei pela eficiência da Polícia Civil do RG Sul.

Ah, antes que eu esqueça, em Montevideu achei divertido visualizar o blog traduzido para o espanhol. Não é nada, não é nada… Não é nada.6dbdd1ac4044573e06a7d72889fe736d

Criação de Sites e Comunicação Digital: Agência Qualitare