http://blogs.band.com.br/marcondesbrito

Sidebar
26
DE maio
DE 2012

A vitória da seleção na visão da midia dinamarquesa

postado por Marcondes Brito em Futebol, Seleção Brasileira

26
DE maio
DE 2012
55

Comentários

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

Não tive tempo de assistir a vitória da seleção sobre a Dinamarca. Vi somente os gols. E deu pra perceber pelo menos duas coisas:

  1. Temos um time forte para as Olimpíadas, mas não para a Copa do Mundo. Podemos ganhar o ouro com essa molecada ai, apesar de Mano Menezes.
  2. Hulk está pedindo vaga no ataque. É um jogador forte – estilo Adriano, nos bons tempos – e muitissimo valorizado no mercado europeu. Isso já explica tudo.

Mas  como não pude ver os 90 minutos, recorro à midia dinamarquesa pra  tentar identificar que impressão o Brasil conseguiu passar. Neste caso, o Google Tradutor é ferramenta indispensável para extrair observações do jornal Folkebladet:

  • O técnico Morten Olsen  reconheceu que a Dinamarca não tem a chance de causar estragos  na Eurocopa, enfrentando equipes como  Alemanha, Portugal e Holanda. E justificou a derrota para o Brasil: “Tivemos três grandes erros individuais e sabemos que se isso acontecer na Eurocopa não teremos chances no torneio”, declarou. Não é a primeira vez nos últimos anos que Dinamarca perde por causa de erros individuais. Aconteceu  fora de casa contra Portugal e Escócia. “Se pensarmos de volta para uma única partida contra Portugal, é verdade, mas não temos feito isso desde então e é algo que nós como uma equipe foi abordada”, disse Morten Olsen. O técnico reconheceu que a equipe tem muito a melhorar, antes do último teste  para a  Eurocopa (joga sábado contra a Austrália em busca de uma melhor engrenagem). “Há algo para trabalhar , mas temos de viver com o fato de que perdemos um amistoso. O importante é o jogo de estréia com a Holanda “, disse Morten Olsen, acrescentando que a derrota de hoje foi injusta para sua equipe: “É estranho dizer que você perdeu  quando teve mais chances do que o adversário”.

E como cada um puxa a brasa para a sua sardinha, Mano Menezes pensa completamente diferente do técnico dinamarques: “Acho que a gente fez um excelente início de jogo. Marcamos bem, saímos tocando. Nos posicionamos bem para fazer isso. O resultado é extremamente positivo e alentador.  No segundo tempo sabíamos que enfrentaríamos mais dificuldade. O time deles é o décimo do mundo, vai jogar a Eurocopa em alguns dias. Os jogadores mais jovens encararam com  naturalidade”, declarou Mano, aliviado pela sobrevida que ganhou no cargo.

E bola pra frente.

SIGA O BLOG NO TWITTER E CONCORRA A ESTE TABLET >>>>

26
DE maio
DE 2012

Impiedoso, Romário quer afundar ainda mais as finanças de Fla e Vasco

postado por Marcondes Brito em Futebol

26
DE maio
DE 2012
26

Comentários

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

Romário é mau que nem o pica-pau. O atual deputado federal pelo PSB do Rio de Janeiro – muito provavelmente contando só com votos de torcedores – acaba de entrar na Justiça contra o Vasco, cobrando R$ 50 milhões da equipe em que começou e encerrou a carreira. Ele cobra o valor referente à sua última passagem pelo clube, entre 2007 e 2008, período em que chegou a marcar o milésimo gol da carreira. Vale ressaltar que Romário tem até uma estátua em São Januário.
Achou pouco? Então saiba que o impiedoso Baixinho também cobra do Flamengo R$ 40 milhões na Justiça  em três processos distintos: dois por direito de imagem e um trabalhista.
Sem dúvida, será um golpe mortal para as finanças desses clubes se Romário ganhar as ações na Justiça. Vasco e Flamengo são donos, respectivamente, da 3ª e da 5ª maiores dívidas do futebol brasileiro. O Vasco deve R$ 386 milhões e o Flamengo R$ 355 milhões. São dividas impagáveis,  suponho.
Engana-se quem pensa que dívidas astronômicas são “prioridades” de Vasco e Flamengo. Todos devem. E todos devem muito. Veja, por exemplo, o caso do Corinthians. Já está à venda o livro “O Mais Louco do Bando”, relato feito por Andrés Sanches sobre sua experiência como presidente, entre 2007 e 2011. Foi sob a sua administração que as receitas do Corinthians ultrapassaram a marca dos R$ 200 milhões anuais. 
Estou curioso para ler “O Mais Louco do Bando” só pra ver o que Sanchez tem a dizer sobre a dívida de R$ 178 milhões do Timão. Sob a batuta de Sanchez, a evolução desse rombo é de assustadores 76%.
E o Santos? Sabe Deus o aperto que o presidente  Luis Alvaro Ribeiro é obrigado a passar somente para manter o ídolo Neymar. O clube da Vila está no vermelho em R$ 207 milhões, uma dívida que cresceu 80% de 2007 pra cá.
No quadro a seguir, veja a situação de endividamento de 15 grandes clubes brasileiros. Perceba, por exemplo, que a Portuguesa, embora tenha um déficit de R$ 138 milhões em seu caixa, foi o time que apresentou a menor evolução do prejuizo (17%). Mas acaba de assumir um compromisso alto demais para o seu padrão: vai pagar R$ 100 mil por mês ao veterano goleiro Dida.  
É assim que se começa a avermelhar as contas em qualquer agremiação.

1 º) – Botafogo

R$ 563,915 milhões (cresceu 164% desde 2007)

2 º) – Fluminense

R$ 404,899 milhões (cresceu 47% desde 2007)

3 º) – Vasco

R$ 386,894 milhões (cresceu 224% desde 2007)

4 º) – Atlético-MG

R$ 367,592 milhões (cresceu 77% desde 2007)

5 º) – Flamengo

R$ 355,452 milhões (cresceu 31% desde 2007)

6 º) – Palmeiras

R$ 245,298 milhões (cresceu 315% desde 2007)

7 º) – Santos

R$ 207,670 milhões (cresceu 80% desde 2007)

8 º) – Grêmio

R$ 198,882 milhões (cresceu 89% desde 2007)

9 º) – Internacional

R$ 197, 370 milhões (cresceu 63% desde 2007)

10 º) – Corinthians

R$ 178,492 milhões (cresceu 76% desde 2007)

11 º) – São Paulo

R$ 158,486 milhões (cresceu 207% desde 2007)

12 º) – Portuguesa

R$ 138,325 milhões (cresceu 17% desde 2007)

13 º) – Cruzeiro

R$ 120,300 milhões (cresceu 40% desde 2007)

14 º) – Coritiba

R$ 110,986 milhões (cresceu 121% desde 2007)

15 º) – Ponte Preta

R$ 105,025 milhões (cresceu 144% desde 2007)

SIGA O BLOG NO TWITTER E CONCORRA A ESTE TABLET

Criação de Sites e Comunicação Digital: Agência Qualitare