http://blogs.band.com.br/marcondesbrito

Sidebar
06
DE maio
DE 2012

Abrir mão de jogar em Campinas foi o maior erro do Guarani

postado por Marcondes Brito em Futebol

06
DE maio
DE 2012
60

Comentários

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

O Santos, que era favoritissimo, já é tricampeão paulista, sem choro nem vela. O Guarani, o grande azarão desta final, abriu mão de qualquer surpresa quando sua diretoria concordou com a decisão da Federação Paulista de fazer os dois jogos no Morumbi. Se tivesse a chance de atuar no Brinco de Ouro, poderia pelo menos sonhar. De qualquer forma, é muito triste ver os cartolas influenciando desta forma no resultado de jogos e campeonatos.

Hoje o Santos não foi brilhante. Jogou o suficiente para fazer valer a sua superioridade. Bastou uma centelha de inspiração de Neymar, que fez 2 e participou ativamente do primeiro, de Ganso. Neymar faz a diferença.

O grande mérito do Santos foi respeitar o adversário. Algo que faltou ao Corinthians no confronto decisivo contra a Ponte. O Guarani jogou como sempre, foi eficiente, tentou criar dificuldades, procurou o ataque, mas esbarrou na autoridade do Santos. Time grande precisa ter essa postura, sem menosprezar o adversário.

Essa consciência deve ser transmitida pelo técnico. É responsabilidade dele. E Muricy, que deve confirmar o título no próximo domingo, dará a terceira volta olímpica  no Estadual, embora não de maneira consecutiva.

Ninguém, hoje, no futebol brasileiro, estaria mais credenciado do que ele para comandar a nossa seleção na Copa 14.

MUITAS DECISÕES

RIO DE JANEIRO – A boa fase do Fluminense coincide com a recuperação do futebol de Deco. É o maestro dentro de campo. O Flu praticamente liquidou o Botafogo. Só tenho medo que Mano Menezes se entusiasme com o gol de meia-bicicleta de Fred e resolva chamá-lo para a seleção. Fred é bom, mas já deu o que tinha de dar.

MINAS – A melhor notícia que vem de Minas é a reinauguração do Estádio Independência. O Atlético poderia ser favorito, mas entrou em campo visivelmente abatido pela eliminação na Copa do Brasil. O surpreendente América, que nada tem a ver com isso, vai comendo pelas beiradas. Arrancou um bom empate e se bobear ganha a próxima partida.

R.G.SUL - O Inter enfrentou a pedreira fora de casa, mas fez o resultado ideal para o jogo da volta no Beira Rio. A decisão antecipada do Gaúcho foi no GreNal da semana passada. O Inter tem se mostrado competente dentro e fora de campo.Tai o exemplo da vitória no complicadissimo caso Oscar (que voltou a campo hoje já marcando gol).

BAHIA - A rivalidade e as dificuldades de sempre no clássico entre Vitória x Bahia, que terminou 0×0. Surpresa mesmo foi a expulsão de Falcão. O que fizeram para tirar aquele Lord do sério?

PERNAMBUCO – É preciso conferir, porque muitos jogos demoram mais de 24hs para dar informações, mas sou capaz de apostar que Santa Cruz 0×0  Sport, no Arrudão,  foi o maior público deste domingo.

Em tempo - Enquete nova no blog: o Santos livrou-se da maldição do Centenário?

> SIGA O BLOG NO TWITTER E CONCORRA A 5 RELÓGIOS ESTILIZADOS DA BAND

06
DE maio
DE 2012

Com Luis Álvaro, Santos vive ao mesmo tempo no céu e no inferno

postado por Marcondes Brito em Futebol

06
DE maio
DE 2012
87

Comentários

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro é um dos cartolas mais vitoriosos do País. Assumiu o Santos em 2009 e já ganhou a Copa do Brasil, a Libertadores e dois Paulistas. Hoje inicia como favorito a disputa de mais um estadual com chances de ser tricampeão e repetir algo que só foi possível conseguir nos áureos tempos de Pelé & Cia.

Sob o comando de Luis Álvaro, o Santos foi o único time do mundo que ousou esnobar Real Madrid e Barcelona e não aceitar propostas milionárias para vender seu grande astro Neymar. E foi graças a Neymar que o clube da Baixada transformou-se no 4º maior faturamento no Brasil em 2011 (R$ 189 milhões), atrás apenas de Corinthians, São Paulo e Internacional, mas à frente do Flamengo, dono da maior torcida do País.

Ressalte-se que Luis Álvaro herdou dívidas quase impagáveis da gestão de Marcelo Teixeira. Para que se tenha uma idéia, no ano passado a Vila Belmiro quase foi a leilão.

Mas não é somente por causa da herança de Marcelo Teixeira que o Santos – ao mesmo tempo em que aumenta seu faturamento – acumula também um passivo que começa a preocupar o Conselho Deliberativo. Fala-se que já passa de R$ 240 milhões do débito acumulado do Santos Futebol Clube. É muito dinheiro. É a mais do que a soma dos passes de Neymar e Paulo Henrique Ganso.

A explicação para a progressão geométrica desse endividamento talvez esteja no jeitão generoso do próprio Luis Álvaro. Um exemplo disso está na coluna Painel da Folha de S.Paulo de hoje. Diz o texto: “Os jogadores santistas aproveitaram o fato de a decisão do Paulista ter sido marcada para o Morumbi, pela FPF, para pedir aumento do bicho pela eventual conquista do título ao presidente Luis Alvaro Oliveira Ribeiro, que concordou. ‘O valor do bicho havia sido acertado lá atrás. Mas, sob o argumento de que a capacidade do Morumbi é bem superior à da Vila Belmiro e a que o time pode obter o tricampeonato, eu aumentei o bicho”.

Mais adiante, em tom de brincadeira, o presidente admite:

“O financeiro me proibiu de ir ao vestiário para não quebrar o fluxo de caixa”.

> SIGA O BLOG NO TWITTER E CONCORRA A 5 RELÓGIOS ESTILIZADOS DA BAND

Criação de Sites e Comunicação Digital: Agência Qualitare