http://blogs.band.com.br/marcondesbrito

Sidebar
31
DE outubro
DE 2009

Jornal em Braille, a maior contribuição para a imprensa brasileira em 2008

postado por Marcondes Brito em Cronicas

31
DE outubro
DE 2009
2

Comentários

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

No dia 16 de abril de 2008, o Diario de Pernambuco – o mais antigo jornal em circulação da América Latina, com 183 anos de história – passou a ser impresso também em Braille. Todos os dias. Foi, certamente, uma iniciativa pioneira no Brasil e no mundo.
Tive a felicidade de conceber e dirigir esse projeto, quando da minha passagem pelo Diario de Pernambuco no cargo de Diretor de Projetos Especiais. Além do extraordinário alcance social, fomos recompensados com a conquista do Prêmio Esso de Jornalismo 2008, categoria Melhor Contribuição à Imprensa.
Os exemplares especiais eram distribuídos gratuitamente às entidades e organizações de pessoas com deficiência visual de todo o estado de Pernambuco. A execução dessa operação – extramente complexa – só foi possível graças a uma parceria firmada com a Cooperativa do Produtor Portador de Deficiência (Codefil).
Lamentavelmente, por falta de patrocínio, o jornal em Braille teve a sua circulação suspensa seis meses depois do lançamento.
O Braille é um sistema de leitura com o tato para cegos, inventado pelo francês Louis Braille. Ele mesmo perdeu a visão aos três anos de idade. Aos sete, ingressou no Instituto de Cegos de Paris. Já aos dezoito anos, em 1827, tornou-se professor. Ao ouvir falar de um sistema de pontos e buracos criado por um oficial para ler mensagens durante a noite em lugares onde seria perigoso acender a luz, Louis Braille fez algumas adaptações no sistema de pontos em relevo.

Na reportagem da TV Clube-PE (afiliada Band) postada no Youtube, veja como foi a cerimônia de lançamento e entenda como funcionava o jornal em Braille, ganhador do Prêmio Esso 2008: 

2 Responses to Jornal em Braille, a maior contribuição para a imprensa brasileira em 2008

  1. avatar Theo Ferreira says:

    Tenho pessoas cegas na família e sei o que significa essa deficiência. Pena que não exista em São Paulo um jornal em Braille e pena tambem que essa iniciativa tenha durado tão pouco em Pernambuco. Falta de patrocinio? Isso é um absurdo.

  2. avatar Joana Araújo says:

    Na verdade, isso siginifica falta de interesse… Ou ate mesmo falta de respeito ou pré-conceito. Se um grande Jornal, como "Folha de S. Paulo", colocasse na midia que os mesmo está dando apoio e publicando Jornais em Braille, ganharia muito mais leitores, não por estarem na midia, pois serão reconhecidos por ter enxergado a deficiencia de quem, ainda, não é leitor. Empresas olhem para a realidade!!!

Deixe seu comentário

*

*

Criação de Sites e Comunicação Digital: Agência Qualitare