http://blogs.band.com.br/marcondesbrito

Sidebar
30
DE julho
DE 2014

Torcidas do Cruzeiro e Santa Cruz deixam Flamengo e Corinthians no chinelo

postado por Marcondes Brito em Futebol

30
DE julho
DE 2014
32

Comentários

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

Que Flamengo e Corinthians que nada! As torcidas mais fieis do Brasil são as do Cruzeiro e do Santa Cruz, segundo levantamento da Pluri Consultoria sobre as 100 maiores freqüência nos estádios em 2013.
A Europa domina com folga o Ranking dos 100 clubes com maior média de público do Mundo. São Europeus os 13 primeiros colocados, e 78 dos 100 maiores.
As 3 primeiras posições permaneceram inalteradas na última temporada. O Alemão Borussia Dortmund continua a ser, pelo 3º ano consecutivo, o clube que mais leva torcedores ao estádio em todo o mundo. O clube Alemão teve público médio de 80,3 mil pessoas por jogo na última temporada da Bundesliga, com 100% de ocupação do estádio e todos os jogos com ingressos esgotados antecipadamente.
O Brasil tem 2 representantes no ranking deste ano (1 a menos que os anos anteriores): o Cruzeiro é o 70º com 28,9 mil torcedores por jogo, seguindo pelo Santa Cruz na 89º com 26,6 mil/jogo. Além de ser o único clube Brasileiro a aparecer nos 3 Rankings realizados anteriormente, o Santa possuindo a maior média de público do futebol Brasileiro no acumulado dos últimos 3 anos: 29,3 mil/jogo.
imageimageimageimage

30
DE julho
DE 2014

BR-14 demite quase um técnico por rodada, mas nada abala Muricy

postado por Marcondes Brito em Futebol

30
DE julho
DE 2014
38

Comentários

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

Qualquer outro técnico que estivesse no comando do São Paulo já poderia estar ameaçado de demissão, após um aproveitamento de apenas 52,7% nas 12 primeiras rodadas. Mas ninguém jamais ouviu no Morumbi o menor rumor de insatisfação com Muricy Ramalho, que tem nas mãos um dos mais caros elencos do País.
Até agora, foram apenas 5 vitórias, 4 empates e 3 derrotas, a última delas para o Goiás, quando promoveu a estréia de Kaká, no Serra Dourada. O Tricolor está na oitava posição e não parece incomodado com isso. O time entra em campo hoje pela Copa do Brasil para enfrentar o Bragantino, e a torcida espera uma reação. Se não ganhar, quem paga o “pato” invariavelmente é o próprio Pato. Mas a diretoria talvez esteja satisfeita com o técnico que ficou famoso com a frase abaixo: image
5520edd2fe1b29394e7cf354c861a422Enquanto isso, a dança das cadeiras do Brasileirão segue em ritmo frenético. Ontem o Grêmio anunciou Luiz Felipe Scolari no lugar de Enderson Moreira. Não há perigo de cair ninguém neste meio de semana porque só tem jogo no sábado e no domingo. Em 12 rodadas, 10 treinadores perderam o emprego. Confira:
Jayme de Almeida por Ney Franco – FLAMENGO
Gilson Kleina por Ricardo Gareca – PALMEIRAS
Paulo Autuori por Levir Culpi – ATLÉTICO-MG
Miguel Ángel Portugal por Doriva – ATLÉTICO-PR
Gilmar Dal Pozzo por Celso Rodrigues – CHAPECOENSE
Caio Júnior por Wagner Lopes – CRICIÚMA
Vinícius Eutrópio por Guto Ferreira – FIGUEIRENSE
Ney Franco por Jorginho – VITÓRIA
Ney Franco por Vanderley Luxemburgo – FLAMENGO
Enderson Moreira por Luiz Felipe Scolari – GRÊMIO

29
DE julho
DE 2014

Ronaldinho virou “jogador xícara” e vai cantar em outra freguesia

postado por Marcondes Brito em Futebol

29
DE julho
DE 2014
50

Comentários

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

Destaque em todos os jornais do dia, a saída de Ronaldinho Gaúcho do Atlético-MG aparentemente foi um decisão consensual. A diretoria do clube garante que já sabia desde o começo do ano. Após a disputa da Recopa, Assis, irmão e empresário do jogador, pediu a 46202887c0aed52224c2b3e52184742erescisão, e o Atlético-MG atendeu ontem.
“A rescisão estava combinada. Dei a minha palavra para o Assis que depois da Recopa isso poderia acontecer. Vamos receber o mesmo que pagamos para ter ele: zero”, diz o presidente Alexandre Kalil.
Mas há outros pontos que devem ser considerados. Primeiro o comportamento de “xícara” que Ronaldinho vinha tendo nos últimos jogos. Jogador “xícara”, você sabe, é aquele que passa o jogo inteiro com a mão na cintura. Ele vinha sendo muito cobrado pelo técnico Levir Culpi e parece que encheu o saco.
Agora pode ir para a Arábia ou para os Estados Unidos. Aos 34 anos, Ronaldinho está podre de rico e não precisa mais do futebol. Se tivesse um pouquinho mais de motivação, ainda poderia jogar em alto nível, como o italiano Pirlo, por exemplo, que tem 35 e é líder da seleção do seu pais.
Se resolver parar de jogar agora, Ronaldinho já tem lugar garantido na galeria dos maiores jogadores do mundo em todos os tempos. Se insistir com essa enganação, vai manchar o seu currículo.

28
DE julho
DE 2014

Com a volta de Dunga, acabou a fase do “É Tóis” na seleção

postado por Marcondes Brito em Futebol

28
DE julho
DE 2014
55

Comentários

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

Não sei se o bom futebol vai voltar, mas a seleção brasileira com Dunga será completamente 431d7da716dc23b28cf3174ebe48cc8adiferente da “Família Scolari”. A julgar pela entrevista de ontem no Fantástico, parece que acabou a farra de cabelo pintado, do oba-oba e de superexposição na mídia. Enfim, acabou a fase do “É tóis”, essa bobagem que Neymar inventou com os seus amigos de Baixada Santista que não significa absolutamente nada.
A seguir, algumas frases pinçadas da entrevista de Dunga:
ERROS DE DAVID LUIZ
“Ninguém tem lugar garantido na seleção. Jogador tem que jogar pelo que faz em campo, não pela imagem que vende”.
MARKETING EXCESSIVO
“O foco maior tem que ser a seleção brasileira. Dar entrevista? É com o chapeuzinho da seleção. Ou não dá. Tem que ter o marketing pelo futebol, pela qualidade. O Brasil tem que falar do que faço no campo do que do extra-campo”.
NADA DE SER “BONZINHO”
“Qualquer grupo eu não tenho que ficar intimidado de chamar a atenção. Não tem esse negócio. Se você vai perder eu também vou perder. Tá faltando isso no futebol em geral, no Brasil. Todo mundo tem grande exposição, e isso deixa com medinho de dar bronca, mandar para aquele lugar, chamar atenção do outro”.
CABELOS PINTADOS
“Sem dúvida falaria pra (Neymar e Daniel Alves) não pintar. Tem que ser antes ou depois da Copa, não durante”.
PRIVACIDADE NOS TREINOS
“Eu acho que em certo momento a seleção tem que ter privacidade. Só que eles (holandeses e alemães) tinham fora do muro deles, aí sim tinha a exposição na mídia. No treinamento teve pouca.
OTIMISMO DE FELIPAO
“Tem que jogar com as palavras. Não se deve falar de forma afirmativa. Cada um é cada, falaria que o Brasil jogaria para ganhar, não que ganharia, no afirmativo”.
A GOLEADA DE 7X1
“Temos que apagar esse resultado com a Alemanha, que foi atípico. Não vai acontecer de novo. O futebol não mudou. O que decide é a qualidade técnica, o talento. Não é que o Brasil esteja defasado, é que no Brasil o jogador com 16, 17 anos já vai para Europa. Se você pegar esses que foram, nenhum é titular absoluto de seu time. Brasil começa a perder nesse aspecto”.
O FUTURO DE NEYMAR
“Eu acho que não se jogará em função do Neymar, e sim ele em função (da equipe). O Brasil tem que criar uma estrutura para que ele seja essencial”.
PRIMEIRA CHAMADA
“Tenho três jogadores em cada posição. São jogadores jovens, com bom rendimento, mas não pode em nenhum momento se comprometer, e tem que deixar com o friozinho na barriga, até o último segundo ansioso”.

Comentário meu – Tudo bem, Dunga, acho que esse pode ser o caminho. Mas o problema pode ser mais grave do que se imagina. O problema, como você mesmo admite, é que o talento faz a diferença e, atualmente, não temos grandes talentos pra você convocar. Com exceção de Neymar, o Brasil é uma equipe sem jogadores excepcionais. E, antes que eu esqueça: vai continuar dando entrevista exclusiva só pra uma emissora, é?

27
DE julho
DE 2014

11 fatos mais bizarros da semana no futebol brasileiro

postado por Marcondes Brito em Futebol

27
DE julho
DE 2014
26

Comentários

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

01De olho no voto dos torcedores, Dilma Rousseff prometeu acelerar a aprovação do projeto que parcela (na verdade, é quase um perdão) a monstruosa dívida dos grandes clubes brasileiros. Ou seja, a conta vai sobrar pra você, pra mim e para todos os contribuintes.

02Na mesma semana em que anunciou a estréia de Kaká, ficamos sabendo que o São Paulo não está tão bem assim de grana. Jogadores reclamam do atraso de salários. No tempo de Juvenal isso não acontecia.

03Muito mal explicada essa história de Dunga ter recebido comissão pela venda de um jogador. Se a gente levar em consideração que o novo diretor de seleções da CBF Gilmar Rinaldi era até pouco tempo “Agente Fifa”, ficaremos ainda mais desconfiados.

04O Corinthians anunciou há mais de um mês a contratação de Lodeiro, mas até agora nao pode contar com o jogador. Até já pagou uma parte, mas como o Botafogo tem muitas dívidas, o craque uruguaio está “empenhado” como garantia de pagamento.

05Na reunião dos cartolas do futebol com Dilma Rousseff, o presidente do Botafogo Maurício Assumpção pediu ajuda, alegou que o clube pensa em desistir de continuar disputando o Brasileirão devido o bloqueio de 100% de suas receitas.

06O Vasco continua patinando na Série B do Brasileirão. Ontem, por exemplo, empatou com a Ponte Preta e está em 10º lugar, bem longe do G4. É bom a torcida começar a se acostumar com a hipótese de permanecer mais uma ou duas temporadas na Segundona.

07Depois do jogo Corinthians x Bahia, no Itaquerão no meio da semana, a torcida ficou sem metrô por causa do horário. Das duas uma: ou Alckmin deixa o metrô funcionando até 1h da madrugada, ou a CBF muda o horário dos jogos noturnos.

08O Santos desistiu de Robinho, que queria ganhar 800 mil livre de impostos, mais uma série de mordomias na Vila. Dentre elas o emprego do amigo Fábio Galan para ser o seu personal exclusivo, com salário de R$ 50 mil.

09O Flamengo, um dos clubes mais endividados do País, aceita pagar o que Robinho quiser. Pelo menos no papel (receber é outra história). Pior do que isto: ressuscitou Vanderley Luxemburgo, que é o seu novo treinador.

10O desaparecimento de Ronaldinho Gaúcho. Ele confirmou presença no jogo em homenagem a Deco, em Portugal, mas não deu as caras. Também não atuará pelo Atlético contra o Sport, neste domingo. E olha que estamos falando do maior salário do Galo. O cara ganha quase R$ 1 milhao por mês por todo esse “profissionalismo”.

11A diretoria do Palmeiras soltou foguetões com a venda do meia Valdívia, mas, segundo o site The National, dos Emirados Árabes Unidos, o Al Fujairah desistiu de contrata-lo. E agora todos estão em pânico, vendo a hora o chileno se reapresentar no Palestra. Se isso acontecer, ele deve ir direto para a enfermaria, como de costume.

26
DE julho
DE 2014

Dilma vai tentar ajudar os clubes a sair do buraco financeiro

postado por Marcondes Brito em Futebol

26
DE julho
DE 2014
50

Comentários

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

16733697
O momento de disputa eleitoral não poderia ser mais apropriado para os dirigentes dos clubes de futebol pedirem o “perdão da dívida”ao Governo Federal (cá entre nós, é absolutamente inexplicável e injustificável a presença do candidato a deputado pelo PT, Andres Sanchez, nesse evento do Palácio do Planalto)
Numa reunião que durou mais de duas horas, o encontro da presidente Dilma Rousseff com os cartolas de 12 clubes serviu exclusivamente para discutir a Lei de Responsabilidade Fiscal do Esporte. Após ouvi-los, o Governo pretende fazer ajustes até o final da semana que vem no projeto de lei a ser enviado para o Congresso para votação ainda em agosto.
Conforme era o desejo dos presidentes dos clubes — e acordado entre eles antes da reunião, em encontro a portas fechadas —, o debate não girou em torno de uma ampla mudança no futebol brasileiro, mas focado no refinanciamento da dívida dos clubes com a União para os próximos 25 anos.
A dívida é de aproximadamente R$ 2 bilhões e, segundo o secretário de Nacional de Futebol do Ministério dos Esportes, Antônio José Carvalho do Nascimento, ela poderia seria paga em 300 parcelas (25 anos), com um tempo de ajuste de 36 meses. Por esse período, os clubes poderiam pagar apenas 50% das parcelas, podendo optar por pagar esses valores ao final do financiamento.
Sem querer ser pessimista, acredito que estão apenas empurrando o problema com a barriga. O mais provável é que, após esse “Refis de longo prazo”, alguns clubes deixem de pagar as parcelas e continuem fazendo despesas incompatíveis com o que faturam.
Este é o tema na minha coluna no Band News TV, reproduzida também na TV UOL. Clique AQUI para ver.foto

Criação de Sites e Comunicação Digital: Agência Qualitare