http://blogs.band.com.br/marcondesbrito

Sidebar
26
DE agosto
DE 2014

Três motivos para o naufrágio do Verdão neste momento centenário

postado por Marcondes Brito em Futebol

26
DE agosto
DE 2014
33

Comentários

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

É incrível que uma das maiores alegrias do Palmeiras neste dia 26 de agosto, quando festeja 100 anos de vida, seja o fato de não estar na Zona de Rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Um dos times mais vitoriosos e populares do Estado de São Paulo atravessa um momento particularmente complicado, mas não perde a esperança de voltar aos bons tempos.
Os problemas estão dentro e fora do campo. Há conflito de interesses entre os cartolas; há uma briga com a construtora que está erguendo o novo estádio; há uma queda de braço com as torcidas organizadas; há um buraco financeiro que o presidente Nobre tenta tapar do próprio bolso; além, naturalmente, do baixo rendimento da equipe dirigida pelo argentino Ricardo Gareca.
Do ponto de vista técnico, enumerei a seguir pelo menos três problemas cruciais que ajudaram a agravar a situação do Palmeiras. Existem outros, muitos outros, mas estes, no meu ponto de vista, são os mais importantes:

bbd83e5cab257795e22d54c4a16f0f22A lambança da diretoria nas negociações com Alan Kardec. Perderam o melhor jogador do time por causa de alguns trocados. Até hoje não ficou claro quem foi o culpado pela falta de habilidade, mas o fato é que o Palmeiras não encontrará nenhum camisa 9 igual a Kardec – hoje brilhando e fazendo gols no São Paulo.

4f0d0965c0c366173c16c2e423feb60dA contusão de Fernando Prass. Desde maio, quando o goleirão arrebentou o cotovelo, ninguém conseguiu substitui-lo a altura. Primeiro foi Bruno, depois Fábio, dois jovens dedicados e esforçados, mas que não conseguiram dar tranquilidade ao time. Fernando Prass era um goleiro que não deixava a torcida sentir saudades de Marcos.

984d94125d2517666109eb1e83ffa066A frustrante transferência de Valdivia para o futebol árabe. Os cartolas festejaram, mas, de repente, o negócio foi desfeito. Não há como negar que Valdívia, tecnicamente, é um jogador diferenciado, mas o problema é que ele nunca conseguiu – desde que retornou – engrenar 3 jogos seguidos. O maior salário do clube é um mau exemplo para o resto do elenco.

25
DE agosto
DE 2014

‘Caso Nilmar’ expõe o descontrole financeiro do Corinthians

postado por Marcondes Brito em Futebol

25
DE agosto
DE 2014
26

Comentários

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

f692c641a04ea109867c3c8065d9b832
Mário Gobbi afastou a hipótese de repatriar Nilmar por causa do alto salário pedido pelo jogador. O presidente do Corinthians não citou números, mas fala-se que ele queria ganhar R$ 600 mil por mês. Internamente, o clube estipulou que o novo teto salarial do clube é de R$ 350 mil.
“O Nilmar é um grande jogador, ele não precisa provar nada para ninguém. Mas o Nilmar atinge uma faixa de salário que o futebol brasileiro não comporta mais. Esse é o entrave. Eu nem comecei uma conversa, mas eu sei que vou esbarrar neste problema. Não dá mais para pagar salários astronômicos porque todos estão vendo como os clubes estão e temos que pensar no todo, e não em questões pontuais”, diz Gobbi.
Parece sensato que o clube tenha a preocupação em ajustar suas contas. Porém, não custa lembrar que Alexandre Pato, Emerson Sheik, Douglas e Cachito Ramírez não defendem o Corinthians, mas causam um prejuízo mensal de quase R$ 1,2 milhão. Para que se tenha uma idéia, o valor equivale à metade do patrocinio master da Caixa Econômica. Somente Shik leva mais de meio milhão nessa brincadeira de mau gosto.
Outra coisa: a venda do zagueiro Cleber ao futebol alemão também mostrou o quanto o Corinthians tem cometido barberagens. O Hamburgo pagou R$ 10,5 milhões, mas não sobrou um centavo para os cofres do Timão. Só quem lucrou foram os empresários.

24
DE agosto
DE 2014

Parece impossível segurar uma raposa mortal e faminta

postado por Marcondes Brito em Futebol

24
DE agosto
DE 2014
68

Comentários

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

image
Depois de 17 rodadas, parece difícil – quase impossível – evitar o bicampeonato do Cruzeiro. No Brasileirão do ano passado, o time mineiro, a esta altura, tinha 35 pontos e o Grêmio, segundo colocado, tinha 32.
Agora, depois de passar por cima do Goiás no Serra Dourada, o Cruzeiro abriu 7 pontos e parece disposto a continuar olhando para seus adversários pelo retrovisor. A raposa é insaciável.
A boa campanha do Cruzeiro pode se resumir numa única palavra: regularidade. Ao contrário dos seus perseguidores mais próximos, como Corinthians e Internacional, que deixaram de somar pontos no fim de semana.
Para a sorte do próprio campeonato, o São Paulo assumiu o 2º lugar, depois de um clássico memorável contra o Santos no Morumbi. Se não tropeçar também na sua própria irregularidade, o Tricolor pode pelo menos tentar chegar perto do líder.
Mas, além do Cruzeiro, o destaque do Brasileirão, sem dúvida nenhuma, é o Flamengo. O time que até pouco tempo estava na lanterna, resolveu levar ao pé da letra um dos trechos do seu hino que proclama a necessidade de vencer, vencer, vencer!

24
DE agosto
DE 2014

Muricy, sem salário, é o maior problema do São Paulo

postado por Marcondes Brito em Futebol

24
DE agosto
DE 2014
90

Comentários

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

e335212c62d210be3c49c7b4c83c6b4dO time está bem, ocupa a quarta posição na tabela, vem de uma vitória sobre o Inter fora de casa, mas o São Paulo entra em campo hoje com uma preocupação incomum: o técnico Muricy Ramalho, o homem do “aqui é trabalho, meu filho”, está sem receber salário há três meses. É o que informa a coluna Radar, da revista Folha.
Tente, por alguns momentos, imaginar uma situação semelhante em sua vida: você vai trabalhar diariamente, cumpre seus deveres, suas metas, mas o patrão, deliberadamente, decide que o seu salário não será depositado.
E já faz tempo. O Brasil ainda nem tinha levado aquela goleada de 7×1 da Alemanha…

23
DE agosto
DE 2014

Câmeras flagram CR7 esmurrando zagueiro. E agora, como é que é?

postado por Marcondes Brito em Futebol

23
DE agosto
DE 2014
4

Comentários

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

O atacante uruguaio Luis Suares está suspenso por causa de uma mordida no zagueiro italiano Chiellini. Pois agora as câmeras de TV flagraram Cristiano Ronaldo atingindo o uruguaio Godin com dois murros, numa disputa dentro da área. Foi na decisão da Supercopa da Espanha, ontem, entre Real Madrid x Atlético.
E agora, o que vão fazer com CR7?

22
DE agosto
DE 2014

Como era o “país do futebol” quando o Corinthians fez 5 gols pela última vez?

postado por Marcondes Brito em Futebol

22
DE agosto
DE 2014
43

Comentários

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Loading ... Loading ...

f2ca0b749345db735ff1db9eea151149
A vitória de ontem sobre o Goiás, além de manter o Corinthians perto do lider Cruzeiro, representou também o marco histórico no clube: foi a primeira vez que o time fez 5 gols no seu novo estádio. A última vez que havia marcado 5 gols num jogo foi em 3 de fevereiro de 2013, contra o Oeste, pelo Campeonato Paulista (5×0), exatos 564 dias atras.
O Pais vivia, naquela época, a comoção pelo trágico acidente na Boate Kiss, no Rio Grande do Sul, com mais de 230 mortes. No âmbito do futebol, podemos enumerar alguns fatos marcantes:
- Alexandre Pato era a grande esperança do time corinthiano. Comprado por R$ 40 milhões ao Milan, acreditava-se que ele “iria voar” com a camisa alvinegra. Não voou.
- Barcos e Maikon Leite formavam a dupla de ataque do Palmeiras. O time alviverde acabara de perder o patrocínio da Kia. De lá para cá, não conseguiu outro patrocinador master.
- O zagueiro Lúcio chegava no Morumbi para ser o xerife da zaga do São Paulo. Outra contratação que não deu certo.
- Felipão começava a montar a sua segunda Família Scolari. Na época, além de Neymar, apostava em veteranos como Kaká e Ronaldinho, que não vingaram.
- Vanderley Luxemburgo era o técnico do Grêmio e aconselhou o clube a contratar o veterano goleiro Dida, então na Portuguesa.
- Naquele mesmo 3 de fevereiro, o Mineirão (que seria o palco dos 7×1) abriu as portas para o seu primeiro teste. Jogaram Cruzeiro x Atlético.
- Paulo Henrique Ganso pisou pela primeira vez na Vila Belmiro, atuando pelo São Paulo. Foi vaiado e a torcida jogou moedas no gramado, chamando-o de mercenário.
- Na Europa, um fato inédito: o Real Madrid perdeu para o Granada por 1×0, gol contra de Cristiano Ronaldo. Kaká, pra variar, ficou no banco de reservas.
- Abaixo, veja como estava a classificação do Campeonato Paulista, quando o Timão goleou o Oeste por 5×0.305308618f2c50677c6f44b4234fe729

Criação de Sites e Comunicação Digital: Agência Qualitare