Qual a origem da festa junina?


Chega junho e todos começam a pensar nas delícias que podem comer nas diversas festas juninas, como os salgados milho verde e churrasco ou os doces curau, pamonha, paçoca, pé de moleque e maçã do amor. Deu água na boca?

Além da comilança, também há muita diversão. Os mais extrovertidos podem até dançar quadrilha ou “se dar bem” na barraca do beijo e os mais tímidos brincam em de pesca, tiro ao alvo e pau de sebo.

Enfim, de festa nós somos craques, mas e de história? Você sabe exatamente o que esta comemoração significa?

As festas juninas brasileiras tiveram origem nas festas dos santos populares em Portugal, em homenagem a Santo Antônio, São João, São Pedro e São Paulo. Apesar de ter uma conotação religiosa, o espírito de comemoração está em todas as pessoas.

As roupas e músicas “caipiras” fazem referência ao povo campestre. Uma tradição portuguesa, porém, foi barrada aqui em nosso país: soltar balões. Devido aos incêndios ocasionados com frequência, eles foram proibidos mesmo na época de junho.

Uma boa dica para conhecer mais curiosidades sobre esta festa é o livro “Mês de Junho tem São João”, em que Fábio Sombra e Sérgio Penna narram histórias interessantes.

Na obra, os autores contam que as festas “juninas” – por causa do mês de junho – antes eram chamadas de “joaninas”, em referência a São João Batista. Interessante, não é?

Serviço:
Livro: “Mês de Junho Tem São João”
Autores: Fábio Sombra e Sérgio Penna
Quantidade de páginas: 32
Preço: R$ 21,90

Sobre Vanessa Lorenzini