Jonas lança projeto para represa em Sousas

22 de março de 2017

O prefeito Jonas Donizette (PSB) assinou um decreto de utilidade pública que irá viabilizar a construção de uma represa um trecho do Rio Atibaia, no distrito de Sousas. A nova represa irá possibilitar autonomia de 70 dias em caso de estiagem prolongada.

O custo será de R$ 350,8 milhões. Porém, a Sanasa ainda vai buscar recursos para viabilizar o projeto. As PPPs devem ser uma as saídas – outra será buscar verba junto ao Ministério das Cidades – neste caso é mais complicado porque o governo federal está cortando despesas.

A área de desapropriação em 3.582.143,12 metros quadrados (m²), sendo que o espelho d´água terá 1.632.000 m², com volume útil de água de 17.453.000 metros cúbicos (m³).

Rubens Ewald Filho deixa Secretaria de Cultura de Paulínia

22 de março de 2017

Anunciado em janeiro como a principal nome do secretariado montado pelo prefeito Dixon Carvalho (PP), o crítico de cinema Rubens Ewald Filho anunciou nesta quinta-feira (22/03) sua saída da secretaria de Cultura de Paulínia.

Trazido de São Paulo com a missão de recolocar em pé o projeto do polo de cinema, o critico não chegou a completar três meses no cargo. Os motivos ainda não são conhecidos.

Rubens Ewald Filho é o teceiro secretario a deixar a administração de Dixon. Antes deles, foram embora o secretário de Finanças, Valmir Ferreira e a de Negócios Jurídicos, Elisete Quadros.

Com informações de Marcos Andrade

Câmara de Valinhos: liderança definida

22 de março de 2017

Os vereadores dos nove partidos da Câmara de Vereadores de Valinhos definiram quem serão os líderes de cada bancada. O PSDB indicou o vereador Rodrigo Fagnani Popó. O PMDB terá Giba. Essas duas legendas – que têm as maiores bancadas no Legislativo valinhense – definiram agora os comandantes dos dois partidos.

As outras sete legendas já tinham definidos os nomes: O vereador Veiga é o líder do DEM e o PV terá Henrique Conti. O PDT será liderado por Alécio Cau.

Outros partidos – que possuem apenas um vereador na Câmara – serão, naturalmente, liderados pelos próprios parlamentares: Kiko Beloni (PSB), Mauro Penido (PPS), César Rocha (Rede) e Edson Secafim (PP).

Prefeitura atrasa entrega de uniforme escolar

22 de março de 2017

A maior parte dos alunos da rede municipal de ensino ainda não recebeu uniforme escolar para o ano de 2017. A demora na entrega, segundo a prefeitura, se deve ao atraso na produção por parte das empresas contratadas. De acordo com a Secretaria de Municipal de Educação, não há problema de falta de pagamento. A previsão é a de que o material, que deveria ser entregue no dia 6 de fevereiro, chegue para as crianças apenas em abril.

A Secretaria Municipal de Educação afirma que o restante do estoque do ano passado já foi destinado aos alunos de escolas com vulnerabilidade social.

No total, a rede municipal conta com 55 mil alunos matriculados em 204 escolas.

O vereador Marcelo Silva (PSD) fez um levantamento nas escolas e verificou o problema da falta de uniforme para as crianças. “Encontramos outras reclamações, mas a de uniforme esteve presente na maioria das unidades”, citou. Ele fez um requerimento para solicitar explicações da prefeitura sobre o caso.

Já Renato Nucci Junior, presidente do Conselho das Escolas Municipais de Campinas, lembra que no ano passado o material foi entregue na segunda semana de aula. Desta vez, o atraso já dura um mês e meio e irá chegar a dois meses.

“É complicado. As crianças estão usando o uniforme do ano passado. E criança suja muito a roupa, precisa de novos uniformes”, comenta ele, que tem uma filha estudando no ensino fundamental, que também não recebeu o uniforme.

A Secretaria de Educação informou que irá avaliar se haverá punição à empresa pelo atraso da mercadoria.

BRT: Ministro pede 10 dias para decidir se vai liberar obras do BRT

21 de março de 2017

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB), disse que o ministro das Cidades, Bruno Araújo,pediu 10 dias para decidir se libera o AIO (Autorização de Início de Objeto) para que a Prefeitura de Campinas inicie as obras dos corredores de ônibus BRT – o sistema de corredores exclusivos de ônibus rápidos que vai ligar o Centro aos distritos de Campo Grande e Ouro Verde, na região noroeste da cidade.

Sem essa autorização e apesar de a prefeitura já ter licitado as obras – quatro consórcios saíram vencedores – a Administração municipal só pode iniciar a implantação do BRT com essa autorização do ministério. “Estou confiante de que o ministério irá emitir a AIO porque todas as etapas estão cumpridas”, disse o prefeito que esteve hoje à tarde (21/03) com o ministro das cidades.

O investimento será de R$ 451,4 milhões e as obras devem ser concluídas em 2019.

Mais antigos »